A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

30/04/2010 07:40

Residencial de R$ 200 mi depende de aprovação de projeto

Redação

Campo Grande pode receber investimento de R$ 200 milhões na implantação de um residencial, na região sul da cidade, caso a Câmara de Vereadores aprove ainda hoje projeto encaminhado pela Prefeitura.

O secretário de Governo, Rodrigo Aquino, garante que todas as informações técnicas solicitadas já foram encaminhadas e que se a aprovação não sair hoje a Capital perde o empreendimento para São José dos Campos (SP). "O prazo que nos foi dado foi o último dia de abril", explica.

O empreendimento será executado pelo grupo Mexicano Homex, que tem como foco habitações populares. Os investimentos serão todos com recursos próprios.

A intenção é construir 3,1 mil casas próximo ao bairro Paulo Machado Coelho, o que, segundo o secretário vai atender a demanda de funcionários do terminal de cargas intermodal, em instalação e do pólo empresarial das Moreninhas.

Serão casas de 50 m² voltadas a famílias com renda de três a seis salários mínimos. A previsão é que as obras gerem dois mil empregos diretos e 32 mil indiretos.

Segundo o secretário, o projeto cumpre com todas as exigências legais e, inclusive, com compensações adicionais em infra-estrutura, exigidas pelo município. "A empresa não pede nenhuma concessão", afirma.

As casas serão atendidas por rede de esgoto, pavimentação asfáltica e o grupo também vai implantar uma nova ligação entre o bairro e a BR-163, no prolongamento Gury Marques, para desafogar a Avenida dos Cafezais.

Em 2008 a Homex constituiu oficialmente a Homex Brasil e em 2009 iniciou sua primeira obra de casas populares no País, em São José dos Campos. Em seu site, a empresa garante que o foco é oferecer oportunidade de compra da casa própria com toda infra-estrutura necessária.

Ministério Público faz contrato de R$ 3 milhões com empresa de informática
O MP/MS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul) firmou contrato de R$ 3,3 milhões com a empresa Click Ti Tecnologia Ltda. Com validade de seis me...
Novos critérios definem morte encefálica e afetam doação de órgãos
O Conselho Federal de Medicina (CFM) divulgou hoje (12) critérios mais rígidos para definir morte encefálica. A mudança nos procedimentos tem impacto...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions