A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 17 de Agosto de 2018

16/09/2010 11:40

Residentes aceitam reajuste de 22% e encerram greve

Redação

Os médicos-residentes aceitaram reajuste de 22% e encerraram a greve iniciada em 17 de agosto. Os profissionais voltaram ao trabalho na última terça-feira.

Os residentes cobravam reajuste de 38% no valor da bolsa-auxílio, que não tinha aumento desde 2006, além de receber décimo-terceiro salário, adicional por insalubridade, auxílio-moradia e prorrogação da licença-maternidade quatro para seis meses.

De acordo com Daniel Gonçalves de Miranda, representante da categoria na Santa Casa, o reajuste de 22% vai elevar o valor da remuneração de R$ 1,9 mil para R$ 2,5 mil. O reajuste será válido a partir de janeiro de 2011.

"Ainda estamos em negociação sobre as outras exigências. Mas até agora só foi aprovado o aumento da licença-maternidade", explica Daniel Miranda. A paralisação era nacional e a negociação foi com os ministérios da Educação e Saúde.

Na Capital, são 300 médicos-residentes. Os profissionais atuam na Santa Casa, HU (Hospital Universitário) e HR (Hospital Regional) Rosa Pedrossian.

Gabaritos do Enceja já estão disponíveis no site do Inep
O Ministério da Educação (MEC) divulgou no final da tarde de hoje (17) gabarito oficial do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens...
Capes torna mais rígida avaliação de cursos de pós-graduação
A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) tornou mais rígida a avaliação dos cursos de pós-graduação no país. De acordo c...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions