A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

23/10/2009 20:46

Rio manda 10 chefes do tráfico a presídio da Capital

Redação

Dez dos mais perigosos traficantes presos no Rio de Janeiro serão mandados para o Presídio de Segurança Máxima de Campo Grande. A transferência deles acontecerá amanhã.

A decisão da Secretaria de Segurança Pública do Rio de Janeiro foi anunciada no final da tarde de hoje e é decorrente do clima de guerra que tem tomado conta da cidade desde o último sábado, quando bandidos derrubaram um helicóptero da PM (Polícia Militar).

Segundo a secretaria, os presos teriam ligação com a invasão do Morro dos Macacos que deu origem a sequência de ataques que já provocaram a morte de 33 pessoas em 5 dias.

Chegou a ser cogitado que a ordem para invadir o morro partiu do Presídio Federal de Catandúvas no Paraná, com o apoio do traficante Fernandinho Beira-Mar que cumpre pena em Campo Grande.

Os presos que virão para o Mato Grosso do Sul são Nei da Conceição Cruz, o "Nei Facão"; Cassio Monteiro das Neves, "Cássio da Mangueira"; Márcio Silva Matos, o "Marcinho Muleta"; Roberto Ferreira Vieira, "Robertinho do Jacaré"; Jorge Alexandre Cândido Maria, o "Sombra"; Marcelo Soares de Medeiros, o "Marcelo PQD"; Fábio Pinto dos Santos, o "Fabinho São João", Ocimar Nunes Robert, o "Barbosinha"; Claudecyr de Oliveira, o "Noquinha" e Edgar Alves Andrade, o "Doca".

Guerra - No sábado passado, bandidos do Morro de São João tentaram invadir o Morro dos Macacos para tentar tomar os pontos de venda de drogas da comunidade. Houve intenso tiroteio durante toda a madrugada. Moradores ficaram apavorados com a guerra. A Polícia Militar estava no entorno da favela, em Vila Isabel, Zona Norte da cidade.

Pela manhã, a PM interveio e foi para cima do confronto. Os criminosos atiraram contra um helicóptero da Polícia Militar e conseguiram derrubá-lo. Três militares morreram na queda da aeronave.

O piloto, considerado um herói, conseguiu escapar. No Jacarezinho e na Mangueira, traficantes atearam fogo em oito ônibus. (Com informações do Jornal O Dia).

Mega-Sena acumula de novo e prêmio estimado sobe para R$ 43,5 milhões
Mais uma vez a Mega-Sena ficou sem vencedor na faixa principal e, com isso, a premiação acumulou e pode chegar a R$ 43,5 milhões no próximo concurso,...
Mega-Sena pode pagar R$ 39 milhões no sorteio deste sábado
A Mega-Sena deste sábado (16), que está acumulada, pode pagar R$ 39 milhões para quem acertar os seis números. O concurso 1.997 ocorre às 20 horas, h...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions