A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

20/09/2010 08:10

Sabores caipiras dão prêmio a restaurante da Capital

Redação

Os sabores da infância vivida na fazenda deram a inspiração para que o economista Paulo César Ortiz, de 52 anos, abrisse o restaurante Fogo Caipira em Campo Grande.

Quinze anos depois, o sucesso da comida da fazenda pode ser medido em estrelas. Hoje, pelo 11º ano consecutivo o restaurante se manteve na elite da gastronomia e vai receber a estrela do Guia 4 Rodas.

"São cinco mil restaurantes catalogados. Mas só 243 recebem o prêmio de excelência", conta o proprietário. Para elaboração do guia e a escolha dos premiados, repórteres percorrem hotéis, restaurantes e atrações anonimamente.

No quesito restaurante, a refeição a ser testada inclui do couvert a sobremesa. Em grupo ou sozinho, o avaliador só se revela após pagar a conta. "Depois que paga a conta, ele se identifica e pede para ir até a cozinha", relata Paulo.

A opção pela comida regional foi herança do "quebra-torto", preparado pela mãe de Paulo e cozinheiras na fazenda Taboco, região do Pantanal. "Era bastante peão. A gente levantava, tomava chimarrão e ia para o campo. Depois, tocavam o sino chamando para ir comer. Tinha carne, mandioca, feijão", rememora.

A comida do Fogo Caipira - localizado na rua José Antônio, 145 - atrai visitantes famosos. A modelo Luiza Brunet é fiel ao pintado ao molho de maracujá, um dos pratos da casa.

O restaurante também é destino certo do Grupo Titãs durante passagem por Campo Grande. "Vem o Tony Belotto e a turma toda".

Já o jornalista Ernesto Paglia, que veio à Capital num intervalo do "JN no Ar", que visita cidades brasileiras, levou doces caseiros para a viagem.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions