A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

14/01/2011 10:03

Saúde corrige estatística de dengue e número de casos cai

Fernanda França

Ao todo, MS registrou 82.597 casos em 2010

O número de casos de dengue divulgados hoje pela Secretaria de Estado de Saúde caiu em relação ao último boletim epidemiológico, de dezembro do ano passado.

Pela última estatística, Mato Grosso do Sul registrou 82.645 casos, mas o detalhe é que 38 municípios não informaram os casos suspeitos registrados no período.

O boletim atual, que revela dados de todo o ano de 2010, apresenta 48 casos a menos que no último levantamento, ou seja, 82.597 casos. Somente dois municípios deixaram de informar seus casos suspeitos.

De acordo com a gerente técnica de doenças endêmicas da secretaria de Saúde, Francieli Pires Shimoya, a diferença dos números se deve à retirada de casos em duplicidade do Sinan (Sistema de Informação de Agravos de Notificação) pelo município de Campo Grande.

“Há pessoas que passaram por um posto de saúde e um hospital, por exemplo, então ficou registrado duas vezes no sistema. É esse tipo de caso que Campo Grande retirou, em duplicidade. E a tendência é que o número de casos caia ainda mais, porque mais casos duplos ainda serão retirados”, detalhou.

A metade dos casos de Dengue no Estado, em 2010, foram registrados em Campo Grande. Ao todo, foram 41.293.

Dourados, o segundo maior município de Mato Grosso do Sul, registrou 7.432 casos em 2010. Em Três Lagoas, foram 2.173 registros, em Corumbá 1989 e em Ponta Porã 1017.

Conforme o boletim de numero 32, o último divulgado pelo Estado em relação ao ano de 2010, 47 pessoas morreram em decorrência da dengue, sendo 22 em Campo Grande.

Outras 7 faleceram em Jardim, 7 em Dourados, 2 em Ponta Porã, 2 em Paranaíba e 1 em Água Clara, Angélica, Corumbá, Mundo Novo, Rio Brilhante, Rio Verde e Três Lagoas.

Quatro casos permanecem em investigação, sendo dois em Dourados, um em Campo Grande e um em Juti.

Foram descartados 17 ocorrências, sendo 10 em Campo Grande, 6 em Dourados e 1 em Corumbá.

Os municípios em monitoramento estratégico concentram 54,4% (1.284.735) da população estadual e 68,8% (56.831) dos casos suspeitos da doença, de acordo com o boletim. São eles: Jardim, Bonito, Campo Grande, Dourados, Ponta Porã, Corumbá, Três Lagoas e Coxim.

Greve dos agentes pode interferir em programa de combate à dengue
Paralisação ocorre em momento inoportunoApesar de a greve dos agentes de saúde de Campo Grande, que hoje completa hoje 10 dias, ser um problema rela...
Sesau registra 227 notificações de casos de dengue na Capital
A Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) registrou 227 notificações de casos de dengue nos primeiros doze dias de 2011. Ainda não há confirmação em ne...
Passou de dez para 16 o número de estados com risco muito alto de dengue
O Ministério da Saúde atualizou os dados do mapa de risco da doença e verificou que passou de dez para 16 o número de estados com risco muito alto de...
Infestação do mosquito da dengue em Corumbá é de médio risco
O índice de infestação predial do mosquito transmissor da dengue é de 2,2%, considerado de médio risco, em Corumbá, cidade localizada a 419 quilômetr...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions