A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

23/03/2009 11:37

Sejusp não sabe quando vai ativar biometria na Colônia

Redação

A Sejusp (Secretaria de Justiça e Segurança Pública) ainda não tem previsão para colocar em funcionamento o equipamento de leitura biométrica, que está encalhado há cerca de oito meses na Colônia Penal Agrícola de Campo Grande.

A afirmação é do secretário de Justiça e Segurança Pública, Wantuir Jacini. Segundo ele, ainda não há uma data confirmada para o sistema entrar em funcionamento. No entanto, em breve, será realizado treinamento de pessoal para utilização.

O secretário admitiu que o sistema nunca funcionou devido a problemas técnicos. Conforme já denunciado pelo Campo Grande News , o problema está na transmissão lenta de dados, que faz com que a leitura de uma digital de preso demore muito tempo. O sistema foi desenvolvido pela empresa Compnet.

As declarações do secretário foram feitas durante solenidade de entrega de viaturas para a Polícia Civil, nesta segunda-feira.

Na época da "inauguração" da tecnologia, em julho do ano passo, foi informado pelo governo que o aparelho funcionava na portaria recém construída e integrado ao Sigo (Sistema Integrado de Gestão Operacional), o que permitiria controle rigoroso das movimentações dos internos na unidade, com data que chegou, em qual alojamento está, se tem vínculo empregatício, onde trabalha e qual horário deve retornar para a unidade.

Mega-Sena acumula de novo e prêmio estimado sobe para R$ 43,5 milhões
Mais uma vez a Mega-Sena ficou sem vencedor na faixa principal e, com isso, a premiação acumulou e pode chegar a R$ 43,5 milhões no próximo concurso,...
Mega-Sena pode pagar R$ 39 milhões no sorteio deste sábado
A Mega-Sena deste sábado (16), que está acumulada, pode pagar R$ 39 milhões para quem acertar os seis números. O concurso 1.997 ocorre às 20 horas, h...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions