A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

30/08/2008 14:14

Seqüestro é prioridade, afirma ministro paraguaio

Redação

A Unidade Anti-seqüestro do Paraguai está investigando o caso do fazendeiro brasileiro Américo Botelho Vieira, de 91 anos, seqüestrado na noite de ontem no Paraguai, na localidade de Yby Yaú, em Concepción e não em Amambay, como divulgado anteriormente.

De acordo com o ministro do Interior do país vizinho, Rafael Filizzola, o seqüestro é a prioridade do governo paraguaio, que já está envolvido na investigação a crime semelhante, contra o produtor rural Luis Alberto Lindstron, há mais de um mês levado por seqüestradores.

O ministro afirmou que a equipe da polícia paraguaia fará o esforço necessário para que as vítimas sejam recuperadas com vida. Ele não confirmou, porém, se este seqüestro pode estar ligado ao grupo que detém Lindstron.

O seqüestro foi informado à polícia paraguaia na manhã de hoje pelos familiares do fazendeiro brasileiro. Ele e um peão que guiava o veículo onde estavam foram levados quando entravam em sua propriedade Kuñata

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions