A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

23/03/2010 16:43

Shopping indenizará menino agredido dentro de banheiro

Redação

O Shopping Campo Grande foi condenado a pagar indenização de R$ 10 mil a um menino agredido dentro do banheiro quando tinha seis anos de idade. Ontem, a 3ª Turma Cível do TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) negou recurso do estabelecimento comercial contra o pagamento da indenização.

O menino estava com sua mãe, quando foi ao banheiro às 15h35 de 15 de dezembro de 2003, quando foi agredido dentro do banheiro por um grupo de seis rapazes. Eles jogaram uma substância viscosa, de cor amarelada, no seu rosto. A criança teve falta de ar, ardência nos olhos e na boca.

No ação judicial, a mãe do menino contou que ele ficou traumatizado com a agressão. "Após o evento ficou com traumas psicológicos, receio de voltar ao Shopping, em falar ou brincar com adolescentes com temor de que alguém faça mal a sua, bem como medo de dormir sozinho", argumentou a defesa.

O shopping afirmou que prestou auxílio e atribuiu o caso a terceiros. Alegou que não pode ser responsabilizado pela ação de outras pessoas.

Em primeira instância, o juiz negou o pedido de indenização de R$ 1 milhão. Ao julgar o pedido, em setembro do ano passado, a 3ª Turma Cível acatou o parecer do relator, desembargador, Osvaldo Rodrigues de Melo, e condenou o shopping a pagar indenização de R$ 10 mil.

O Shopping Campo Grande recorreu da decisão, mas o recurso foi rejeitado na sessão de ontem.

Autorização para psicólogos aplicarem terapia de reorientação sexual é mantida
O juiz Waldemar Cláudio de Carvalho, da 14ª Vara Federal de Brasília, decidiu hoje (15) tornar definitiva a decisão liminar (provisória) que havia pr...
Clientes de banco podem renegociar dívidas no "Caminhão do Quita Fácil"
A partir de segunda-feira (18), clientes das agências da Caixa de Campo Grande terão a possibilidade de renegociar suas dívidas atrasadas há mais de ...
Acordo entre poupadores e bancos vai beneficiar 30% dos que entraram na Justiça
Das 10 milhões de pessoas que entraram na Justiça por perdas no rendimento de cadernetas de poupança, apenas cerca de 3 milhões serão beneficiadas, s...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions