A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

26/12/2007 11:05

Sindicância apurará saída de presos para comprar drogas

Redação

Uma sindicância vai apurar o episódio inusitado ocorrido nesta terça-feira na carceragem da delegacia de Polícia Civil de Costa Rica. Além de deixarem o prédio para comprar drogas e bebidas na madrugada, depois de serrar grades de uma cela, os presos patrocinaram um tumulto que envolveu até luta corporal com policiais, segundo o registro da Polícia Civil.

O delegado responsável pela unidade policial, Lúcio Fátima da Silva Barros, informou nesta manhã que estava enviando ofícios para as autoridades informando o que ocorreu. Segundo ele, a Corregedoria da Polícia Civil deverá apurar o caso.

Havia apenas um investigador de plantão quando os presos saíram do prédio, após serrar grades e subir pelo telhado. Segundo o delegado, o policial disse não ter percebido a saída dos detentos. No local havia 19 presos, num espaço para 8.

A situação na delegacia ficou tumultuada na manhã de terça, quando o buraco na cela foi descobreto.

A PM (Polícia Militar) foi chamada e quando os presos foram retirados para o pátio, houve tumulto e agressão aos policiais, além de quebra-quebra na unidade. Os presos colocaram fogo em colchões e quebraram as torneiras, alagando as celas.

Pelo relato da polícia, os homens estavam visivelmente bêbados e drogados, depois de fazer uma festa de Natal na prisão.

Contornada a confusão, quatro foram transferidos para o presídio de Paranaíba, embora cinco tenham sido apontados como os mais exaltados. A suspeita é que o plano dos detentos era fugir, mas diante do consumo de álcool e drogas, eles tenham perdido o controle.

Visitas suspensas -

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions