ACOMPANHE-NOS    
MAIO, QUARTA  25    CAMPO GRANDE 20º

Cidades

Siqueira aparenta calma e diz que justiça deve ser feita

Por Redação | 30/04/2010 14:53

O ex-empresário Genival Siqueira demonstrou calma e serenidade ao se entregar à Polícia Civil no começo da tarde desta sexta-feira. Para chegar ao prédio da Decon (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Contra as Relações de Consumo), o dono da garagem Siqueira pediu que a imprensa não registrasse o momento.

Na saída para o IMOL (Instituto de Medicina e Odontologia Legal) e Derf (Delegacia de Roubos e Furtos), Siqueira conversou rapidamente com os jornalistas. "Vamos aguardar a justiça ser feita", limitou-se a dizer. O empresário está com a prisão preventiva decretada, que é válida por 30 dias.

A filha de Siqueira, Flávia Siqueira, a esposa, Ione Ribeiro da Silva, também estão em prisão preventiva, porém o advogado que as representa, Alberto Gaspar, protocolou nesta sexta o pedido de liberdade. A irmã do garagista, Aparecida Siqueira da Silva, também já estão com solicitação de liberdade na justiça, por meio de seu advogado.

Até o momento, 17 pessoas compareceram à Polícia dizendo-se vítimas da família, que manteve por 27 anos uma famosa garagem de carros na região da Avenida Bandeirantes. O prejuízo estimado para as vítimas ultrapassa os R$ 200 mil. Nos últimos dois anos, o negócio começou a apresentar problemas financeiros. Segundo informações da polícia, o advogado que representava a Siqueira Automóveis, Sérgio Paulo Grotti tranqüilizava a situação financeira afirmando que estava tudo bem.

A outra filha do ex-empresário, Fábia Siqueira, foi presa em Engenheiro Coelho (SP) onde trabalhava com loteamentos residenciais e morava em regime de internato na universidade em que estava matriculada. Ela esteve novamente na Decon nesta tarde e deu complementos ao primeiro depoimento. Pela colaboração com as investigação, a prisão temporária não será prorrogada e ela deve responder aos crimes de estelionato e formação de quadrilha em liberdade.

Na segunda-feira (3), Genival Siqueira presta depoimento à Decon às 9 horas.

Nos siga no Google Notícias