A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

23/09/2013 15:58

Site da Justiça sai do ar e funcionários são dispensados do Fórum da Capital

Edivaldo Bitencourt

A Justiça de Mato Grosso do Sul deve ter dois dias de “feriado forçado”. O sistema de consultas processuais está fora do ar e o Poder Judiciário dispensou todos os funcionários do Fórum de Campo Grande, que passa a funcionar em regime de plantão.

O TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) suspendeu, por meio da Portaria 616, os prazos processuais em primeiro e segundo graus hoje e amanhã.

“No mesmo período estão suspensos os atos processuais a serem praticados nas varas do Fórum de Campo Grande. Os juízes titulares das varas do Fórum estão autorizados a dispensar os servidores das respectivas escrivanias, mantendo sistema de plantão em cada uma delas”, informou o órgão, em comunicado.

“A suspensão dos prazos justifica-se pela indisponibilidade de consulta processual e utilização do sistema SAJ no Fórum de Campo Grande, pela impossibilidade de visualização das peças processuais pelas partes nos processos de formato eletrônico que tramitam nas comarcas do interior e Juizado Central da capital, e pela impossibilidade de visualização de algumas peças processuais em ações que estão em sede recursal”, justifica.

O TJMS está com problema na migração dos dados, que está sendo realizado pela empresa Softplan. Os processos estão sendo transferidos para outro sistema. “O problema está dificultando inclusive o protocolamento de peças físicas”, informou o Tribunal de Justiça.

Na semana passada, o sistema ficou fora do ar por algumas horas em decorrência de um equipamento, que queimou.

O telefone para atendimento no plantão cível é o 8478-2214. Já para atendimento no plantão criminal, o telefone é o 8467-9231.



A culpa não pode cair em todos os funcionários. Meu marido está trabalhando com processos físicos, fazendo no world para depois passar pro sistema, separando processos, etc. Toda generalização é burra e algumas aqui parecem recalque de quem não consegue passar em concurso e coloca toda a frustração em cima de quem conseguiu.
 
Alinny Vilela em 25/09/2013 13:30:44
Karin, essa é a desculpa típica de quem não resolve nada, ai você alega que o sistema depende de muita coisa, tudo é o sistema. Um sistema feito e gerenciado pelos servidores. Um sistema desse tamanho não "cai" do nada. E se não sabem o por que, é mais uma prova do despreparo dos técnicos, afinal, não conseguem prever problemas graves como esses. Afinal, são vidas em jogo, você não deve ter processos na justiça. Essa é a desculpa de vocês, que ainda é melhor para o advogado já que prorrogam os prazos, olha o pensamento pequeno que vocês têm. Por isso o sistema do TJ é essa porcaria. Se fosse tão bom e simples a OAB, as partes, a imprensa, não estaria reclamando sempre. Acho que besteiras foi você que falou. V
 
Rafael Santos em 24/09/2013 10:12:36
Rafael Santos, sr. dr. advogado, acho que o sr. está se exaltando e falando besteiras, pq a culpa não é dos servidores, sequer dos técnicos de informática. O sistema inteiro caiu, e não se sabe a causa (averiguando).Seria impossível um funcionário derrubar o sistema sozinho, do jeito que fala. E outra, esses sistemas eletrônicos dependem de mtos dados, da internet e do trânsito de informações. Não é só o querido que está "sem trabalhar", todos estamos, TJ, Forum, Avogados, MP, defensores, todos dependem do SAJ. Ninguém ta dando desculpa esfarrapada, e quando ligamos no TJ, eles nos disseram sobre a queda do sistema e do backup. Então antes de falar nos jornais por ai, procure saber a motivação das coisas, e se de por agradecido por ter mais dias de prazo pra melhorar suas pecinhas
 
Karin Oliveira em 24/09/2013 08:11:25
NÃO SEI SE VCS SABEM MAS ISSO ACONTECE CONSTANTEMENTE.
 
luiz eugenio de arruda em 24/09/2013 07:19:55
O Tribunal tem um setor de informática enorme, chamou um monte de servidores novos do concurso, tem um monte de cargos com gordos salários, e não resolvem nada. Sou advogado e você liga lá ou não atendem ou nunca conseguem resolver o problema, sempre com desculpas. Fica um jogo de empurra empurra, agora culpam a Softplan, empresa que fica em SC, então se depende dela por que ter um setor enorme de informática se tudo depende de terceirizado. Na verdade não querem assumir que a culpa é dos servidores do Tribunal. Quem será responsabilizado? O que adianta ficar prorrogando prazos, se a população não aguenta mais tantos problemas e tantas desculpas esfarrapadas, cadê o CNJ para ver isso e tomar providências. A Administração do tribunal não toma nenhuma providência para mudar.
 
Rafael Santos em 23/09/2013 20:24:59
Aproveitar o dia para fazer uma faxina, organizar os arquivos, adiantar algum serviço que esteja atrasado, todo mundo ir doar sangue, alguém tem mais alguma idéia para ajudar os funcionários a preencher o tempo deles?
 
James Pedrosa em 23/09/2013 18:55:54
Isso é o cúmulo da falta de consideração, dispensa todo mundo logo e contrata gente que goste de trabalhar, nossa justiça é realmente uma lástima.
 
Carlos Magno em 23/09/2013 18:43:42
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions