A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

28/12/2007 19:54

Soldado do Exército preso por roubar três motocicletas

Redação

O soldado do Exercito Brasileiro, Marcio Fagner da Rocha Silva, de 19 anos, foi preso nesta sexta-feira acusado de roubar três motocicletas Honda Biz de cor azul em Campo Grande. Pela manhã, por volta das 10 horas, uma equipe da Cigcoe (Companhia Independente de Gerenciamento de Crises e Operações Especiais) localizou o militar em uma das motos, sem placa.

Na fiscalização os policiais constaram que a moto era roubada. Na casa do soldado também foi encontrado o documento de outra motocicleta, também roubada. Márcio Fagner da Rocha Silva confirmou que havia vendido o veículo ao seu irmão Marcelo da Rocha Silva, de 23 anos.

Os policiais foram até o serviço do irmão do soldado e encontraram uma terceira moto roubada. Marcelo da Rocha Silva disse que havia pago o valor de R$ 500 pela moto e colocou outra placa no veículo para trafegar. A equipe foi até três residências para tentar localizar a segunda moto e o comparsa do soldado.

Porém, o envolvido não foi preso. O soldado acabou confessando a segunda moto estava em uma chácara na saída para Rochedo, onde residem seus pais. Os policiais foram ao local e confirmaram a informação. A dupla foi encaminhada à Derf (Delegacia Especializada de repressão a Roubos e Furtos).

Proprietários

Os policiais constataram que as motos estavam com os chassis adulterados e foram pintadas pelos criminosos. Apenas um proprietário foi identificado. A polícia tenta agora localizar os outros dois donos das motos. O soldado disse que as três motocicletas foram roubadas entre o mês de outubro e novembro deste ano. Os crimes ocorrem na Avenida Fernando Correa da Costa, na Rua 14 de Julho e no Clube Dom Demais.

Informações sobre as motocicletas podem ser obtidas por meio do telefone 190 ou na Defurv (Delegacia Especializada de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos), no 39011860.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions