A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

30/09/2009 16:15

Sonegadores já estão livres; outros 30 são monitorados

Redação

Os três empresários, donos de supermercados em Campo Grande, Navirai e Iguatemi já foram liberados pela Polícia, depois de prestarem depoimento.

Todos são donos de supermercados e confessaram sonegação de impostos e, segundo o Ministério Público Estadual, foram libertados por colaborarem com as investigações.

Na Capital, o dono de comércio na avenida Calógeras, foi detido na manhã de hoje. Depois foram presos os empresários em Iguatemi e Navirai.

Agora, os três terão de trocar a máquina de emissor fiscal ou adotar provisoriamente os talões de papel como documento de arrecadação.

Segundo o MPE, outras 30 empresas são monitoradas em Mato Grosso do Sul, por indícios de fraudar o Fisco para sonegar ICMS.

A partir de informações do GNCOC (Grupo Nacional de Comabte a Organizações Criminosas) foi verificado que uma empresa de Ribeirão Preto, São Paulo, fraudava o sistema de software de máquinas emissoras de nota fiscal e as repassava para Santa Catarina.

A partir de Santa Catarina, as máquinas da marca Sweda eram distribuídas a vários Estados, entre eles Mato Grosso do Sul. Os comerciantes compravam e com isso era informado ao fisco estadual quantidade de venda inferior a que realmente era feita.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions