A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 22 de Janeiro de 2018

09/10/2012 16:30

STJ nega pedido de transferência de Marcinho VP de MS para o RJ

Luciana Brazil

Um dos principais líderes da facção criminosa Comando Vermelho, Márcio dos Santos Nepomuceno, o Marcinho VP, vai continuar preso em Campo Grande, já que o STJ (Superior Tribunal de Justiça)  não analisou o pedido da defesa de transferir o traficante da volta para o Rio de Janeiro.

O Tribunal Regional Federal não se manifestou sobre o pedido da defesa, o que impossibilitou a análise do STJ, conforme esclareceu a ministra Alderita Ramos de Oliveira, desembargadora convocada do Tribunal de Justiça de Pernambuco.

Com base na Constituição Federal, cabe ao STJ decidir habeas corpus contra atos de tribunais de Justiça e tribunais regionais federais. Mas como não houve manifestação desses tribunais, o pedido não pode ser analisado.

A defesa alegou que o traficante estaria há mais de seis anos em regime disciplinar diferenciado, sendo desnecessária. A decisão que negou o pedido de liminar foi publicada no dia 24 de setembro.

Cumprindo pena na penitenciária federal de Campo Grande, Marcinho é acusado de comandar o tráfico no Complexo do Alemão, no Rio de Janeiro, além de ter sido condenado por vários crimes, entre eles homicídio e formação de quadrilha.

Transferido várias vezes, Marcinho já esteve preso no Rio de Janeiro, depois em Catanduvas (PR) e passou por Porto Velho (RO) até chegar a Campo Grande. VP foi retirado da capital fluminense por causa de ataques à ônibus, que supostamente teriam acontecido a mando dele.

Especialista diz que doenças vasculares aumentam em até 30% no verão
Dados da Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular, seção Rio de Janeiro (SBACV-RJ), indicam que as altas temperaturas, comuns da épo...
Com 817 processos, Justiça retoma julgamentos nesta segunda em MS
O TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) retoma nesta segunda-feira (22) as sessões de julgamento dos órgãos colegiados da Corte. Somente n...
Prazos processuais voltam a correr a partir de amanhã no judiciário de MS
O TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) alerta que os prazos processuais voltam a fluir normalmente a partir desta segunda-feira (22) no j...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions