A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

12/06/2013 21:01

TCE/MS aprova pedido de averiguação na prefeitura de Glória de Dourados

Helton Verão

Foi aprovada por unanimidade em sessão do Pleno do Tribunal de Contas de Mato Grosso do Sul (TCE/MS) hoje o pedido de Averiguação Prévia na Prefeitura de Glória de Dourados, apresentado pelo conselheiro José Ancelmo dos Santos, transformado em Inspeção.

A sessão foi presidida pelo conselheiro Cícero de Souza, os conselheiros José Ricardo Pereira Cabral, Iran Coelho, Waldir Neves, Marisa Serrano e Ronaldo Chadid.

Segundo o conselheiro, uma inspeção especial realizada pela equipe técnica do TCE/MS na Prefeitura de Glória de Dourados, no período de 26 a 30 de outubro de 2012, constatou irregularidades que precisam ser apuradas com mais profundidade.

De acordo com o relatório da 4ª Inspetoria de Controle Externo do TCE/MS, há evidências de diversas irregularidades, tais como: contratação temporária de pessoal fora dos moldes constitucionais; divergência de lançamento nas folhas de pagamento do Fundo Municipal de Saúde e do Fundeb comparados aos balancetes mensais; ausência de implantação de almoxarifado; contratação de empresa para fornecimento de mão de obra irregular; contratação direta por inexigibilidade de escritório advocatício sem a devida prestação de contas; elaboração de termos aditivos acima do limite legal em contratações realizadas para modalidade convite; irregularidades no pagamento de diárias a servidores; e descontrole no fornecimento de combustível para a frota municipal.

O conselheiro ressalta que “as irregularidades apontadas pela equipe técnica reclamam providências imediatas a serem tomadas pelo Tribunal de Contas, no sentido de formar um devido processo, para oportunizar ao chefe do executivo municipal ampla defesa e contraditório, para só então imputar responsabilidades, caso tenha havido infração a lei, caracterizando prática de ato de improbidade”.

Após publicação no Diário Oficial Eletrônico do TCE/MS, os gestores dos respectivos órgãos jurisdicionados poderão entrar com recurso ordinário e/ou pedido de revisão, conforme os casos apontados nos processos.

Mega-Sena acumula de novo e prêmio estimado sobe para R$ 43,5 milhões
Mais uma vez a Mega-Sena ficou sem vencedor na faixa principal e, com isso, a premiação acumulou e pode chegar a R$ 43,5 milhões no próximo concurso,...
Mega-Sena pode pagar R$ 39 milhões no sorteio deste sábado
A Mega-Sena deste sábado (16), que está acumulada, pode pagar R$ 39 milhões para quem acertar os seis números. O concurso 1.997 ocorre às 20 horas, h...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions