ACOMPANHE-NOS    
MAIO, SEGUNDA  25    CAMPO GRANDE 21º

Cidades

TJ concede liberdade ao presidente da Câmara de Dourados

Por Redação | 08/07/2009 10:35

Preso ontem durante operação da PF (Polícia Federal), o presidente da Câmara de Dourados, vereador Sidlei Alves (DEM), obteve habeas corpus nesta quarta-feira.

Conforme o advogado do vereador, Airton Stropa Garcia, o desembargador Claudionor Miguel Abss Duarte acatou a justificativa de "inconsistência" da prisão.

"O fato é que ele é primário, tem bons antecedentes e jamais se furtou de dar explicações", argumenta o advogado. O presidente da Câmara está preso na PHAC (Penitenciária Harry Amorim Costa).

Ontem, a operação Owari (ponto final em japonês) prendeu 41 pessoas suspeitas de participarem de uma organização criminosa que deu prejuízo de R$ 20 milhões aos cofres públicos das prefeituras da região Sul, principalmente Dourados e Ponta Porã.

O grupo preso é acusado de fraudar licitações em diversas áreas há cerca de 40 anos. Para perpetuar o esquema, que passava de uma administração para outra, o grupo liderado por Sizuo Uemura, que detém um império empresarial em Dourados, cooptava servidores públicos municipais.