A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

21/04/2012 08:00

TJ/MS considera ilegal mobilização da Polícia Civil por reajuste salarial

Aline dos Santos

Em caso de descumprimento da decisão judicial, a multa diária será de R$ 30 mil

Categoria fez paralisação de 24 horas na última quinta-feira. (Foto: Minamar Júnior)Categoria fez paralisação de 24 horas na última quinta-feira. (Foto: Minamar Júnior)

A mobilização da Polícia Civil por reajuste salarial foi considerada ilegal pelo TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul). Nesta semana, a categoria realizava a operação-padrão “tolerância zero” e, na última quinta-feira, fez paralisação por 24 horas. Para a próxima semana, a previsão era cruzar os braços por dois dias.

O governo do Estado acionou a Justiça e no fim da tarde de ontem a mobilização foi declarada ilegal pelo desembargador Sérgio Martins. Em caso de descumprimento da decisão judicial, a multa diária será de R$ 30 mil.

Presidente do Sinpol (Sindicato dos Policiais Civis), Alexandre Barbosa da Silva afirma que os policiais vão recorrer da decisão na próxima segunda-feira. “Somos trabalhadores e estamos reivindicando uma questão salarial. Já a operação-padrão nada mais é do que o nosso trabalho para a sociedade”, salienta Alexandre.

O sindicato representa mais de dois mil policiais dos cargos de investigador, escrivão, agente de Polícia Civil e perito papiloscopista. A proposta do Governo do Estado apresentada à categoria foi de 9,15%, mas o Sinpol pede reajuste de 25% ao ano até 2014.

Cinco pessoas são detidas por envolvimento com o Jogo do Bicho
Cinco pessoas estão detidas pela PM (Polícia Militar), no Deops, em Campo Grande, por manterem ativos pontos de aposta do Jogo do Bicho na Capital. A...
Em negociação salarial, policiais ameaçam com aquartelamento e "tolerância zero"
As polícias Civil e Militar decidiram partir para o ataqueInsatisfeitas com a proposta de reajuste salarial do governo do Estado, as polícias Civil ...


Caros colegas, não devemos pré julgar todo um colegiado com base no despacho de um único desembargador. Em outra ocasião recente outro des. disse tudo ao contrário deste, proibindo apenas o uso da camiseta utilizada em nossas revindicações, com os dizeres: "Basta! A Polícia Civil Exige Respeito", na ocasião o des. afirmou o direito a greve pelos integrantes da PC, logo, não há verdade absoluta.
 
Joel Guimarães em 23/04/2012 05:36:59
Temos que unir PM,BM e PC, pois unidos somos mais poderosos que essa minoria contra.E nas próximas eleições dar o troco neles.
 
moacir torres em 22/04/2012 12:54:29
SR.Fernando Barros, essa sua afirmação é ridícula, além de provar tamanha ignorância. O serviço de investigação não se restringe a uma sala com ar-condicionado. É obvio que a noticia inicial, que o cidadão leva ao conhecimento da policia, é oficializado em um B.O, que é feito em uma delegacia. PM e Civil, tem que lutar juntas. E as pessoas que não conhecem o serviço da policia, precisam conhecer.
 
marcos alexandrea em 22/04/2012 12:30:55
Eu só espero que o CNJ acabe com essas decisões políticas que nosso judiciário de MS vem tomando. Acho Imparcialidade não existe no direito daqui, só pode.
 
Ricardo salomão de barros em 22/04/2012 12:24:35
Já sangrei na rua, padeci muito tempo num leito de hospital para manter a "ordem pública". Agora, quando leio o comentário de uns poucos, que além de não conhecerem o trabalho da polícia, tanto da Civil quanto da Militar, ainda aplaudem uma decisão que vai contra um direito consagrado na Costituição... então penso que talvez, por causa de alguns, a sociedade não mereça o sacrifício da polícia.
 
CESAR MIGUEL CASTRO em 22/04/2012 11:25:51
Não importa o que o Pedro Cesar pensa ou que qualquer outra pessoa pensa, o que importa é que a greve é legal e tem que ser usada se necessário for, portanto não desanimem e contem com o apoio de todos os Policiais Militares de Mato Groso do Sul, vamos em frente!
 
Paulo Oliveira em 22/04/2012 09:03:41
Estou desiludido com a segurança pública. É só raciocinar. A quem interessa uma polícia em boas condições de trabalho e com bom salário? Quanto mais eficiente for a polícia mais gastos terá o governo, quanto mais pessoas presas, mais presídios terão que ser contruidos. Um policial com bom salário é mais difícil corromper. Os poderosos não precisam da polícia, somente os cidadãos de bem.
 
GUILHERME VENANCIO em 22/04/2012 07:23:54
Por esta causa a lei se afrouxa, e a justiça nunca se manifesta; porque o ímpio cerca o justo, e a justiça se manifesta distorcida.
Habacuque 1:4
 
Luís Brandt em 22/04/2012 06:13:33
O judiciario existe para regular a massa(povao), e nao para promover a justiça, muito facil para o judiciario dizer o que e ilegal, quando nao se esta no rol dos que dependem do poder executivo.
 
ronie rodrigues em 22/04/2012 01:49:56
O TJ/MS acha ilegal esta paralisação da Policia por melhores condições de trabalho e salário, mais o TJ/MS não sabe que os Policiais nas delegacias do interior tiram plantão sozinhos, cuidam da Delegacia, presos, drogas apreendidas, armas, fora as funções que realmente são as dos policiais. O TJ/MS não sabe o que é trabalhar sem ganhar horas extras, diarias e adicional noturno... O que é legal ?
 
Leya da Conceição em 21/04/2012 12:58:55
PORQUE O TJ E OS DESEMBARGADORES "HONESTOS" NÃO FIZERAM NADA CONTRA OS EMPRÉSTIMOS CONSIGNADOS?
CAMBADA DE VELHACOS.
 
José Fernandes em 21/04/2012 12:45:50
Esse é o nosso governo, como um velho dito popular "o povo tem o governo que merece" meu povo a eleição está chegando vê se votem certo dessa vez..... e sempre é bom pensar que um governo só é a melhor forma de conhecer o cidadão, sendo que um segundo mandato dá nisso ai....um caós .....para o governo não importa a segurança pq ele pode pagar um particular... E meu amigo Pedro infeliz comentário.
 
Regiane pinheiro em 21/04/2012 12:38:56
A GREVE É UM DIREITO CONSTITUCIONAL!! A POLICIA CIVIL TEM ESSE DIREITO, MANTENDO UM PERCENTUAL DOS POLICIAIS TRABALHANDO PARA AS EMERGENCIAS ELA TEM TODO DIREITO DE LUTAR PELA SUA DIGINIDADE!
DE QUE ADIANTA A POLICIA DO JEITO QUE ESTA? MAL REMUNERADA, DESESTIMULADA, CORRUPTA, FAZENDO BICOS, SEM ESTRUTURA NENHUMA, TRABALHANDO NO LIMITE, DE QUE ADIANTA? ARRISCAM SUAS VIDAS PELA NOSSA! FORÇA POLICIA!
 
Tatiana Alves de Souza em 21/04/2012 12:25:17
Acontece amigos policiais civis e militares,que enquanto nós estamos nas sezalas eles estão na casa grande,vem eleição ai fiquem de olho neles do poder,e eu dando milho aos pombos.
 
aparecido souza em 21/04/2012 12:21:15
Segundo as autoridades públicas de nosso Estado, entre elas o Governador e o Poder Judiciário, professores e policiais, que possuem família para sustentarem, tem de ganhar pouco, ficar quietos e serem excelentes profissionais.
Quem quer ser professor ou policiail quando crescerem?
Os meus filhos e netos não serão.
 
Solange de Araújo em 21/04/2012 11:50:31
20/04/2012 às 18:43 Publicado expediente
20/04/2012 às 18:43 Despacho - Concedendo Liminar
20/04/2012 às 18:43 Retorno da conclusão
...concedo a antecipação da tutela para declarar a ilegalidade de eventual ato....
20/04/2012 às 18:43 Remessa ao Cartório
A MAIS RÁPIDA DISTRIBUIÇÃO,ANALISE E JULGAMENTO DA HISTÓRIA DE PARABÉNS AO TJMS. E SEMPRE O MESMO DESEMBARGADOR,COINCIDÊNCIA ?
 
Cristina Mendes carli em 21/04/2012 11:49:22
MULTAR EM CR$30MIL POR DIA CASO FOR DEFLAGRADO A GREVE??? E PRA QUEM SERA ESSE DINHEIRO???
 
Arivaldo Paiva em 21/04/2012 11:43:38
Meu total descrédito para qualquer decisão do TJ/MS com relação ao governo de MS. Quem conhece a situação de perto sabe que de alguma forma um está amarrado ao outro. Uma vergonha! Judiciário fraco é uma deficiência terrível para o equilíbrio dos poderes, dando ares de tirano ao todo poderoso governador (se acha néh).
 
Paulo Cesar Santos em 21/04/2012 11:37:29
CADE A NOVIDADE NA DECISÃO DO TJMS??? NÃO MUDA NADA É SEMPRE ASSIM,O GOVERNO MANDOU O TJMS CUMPRE ... MAS O CNJ VEM AÍ,PARA APURAR A JUSTIÇA DO MS,FICAM ESPERTO!!! E CADE O SECRETÁRIO DA INSEGURANÇA??? AGUÉM VIU OU OUVIU ELE FALAR ALGUMA COISA??? CONTRA OU A FAVOR DO REAJUSTE???
 
Arivaldo Paiva em 21/04/2012 11:34:13
Não se pode esperar outra decisão do TJ/MS afinal quem nomeia os nobres desembargadores??????reajuste para servidores...greves.....etc...isto não rende nada....mas se fosse pagamento de precatório por exemplo.......
 
marcio.leite em 21/04/2012 11:34:07
VIVA O TJ/MS! 100% IMPARCIAL! AOS POLICIAIS RESTAM BRIGAR ATÉ O FINAL OU CONTINUAR FAZENDO BICO OU ...
COM ISSO, POUCOS GANHAM E A MAIORIA (POPULAÇÃO) PERDE.
FORÇA AOS POLICIAIS.
 
Augusto Rocha em 21/04/2012 11:22:00
Isso já era esperado. O TJ pleitieia mais 3milhões a mais no Duodécimo. Vai ficar do lado de quem? Do governo é claro.
 
Joao Henrique MarcosGurizao em 21/04/2012 11:20:49
Os comentários só podem ser de policiais civis atingidos pela decisão. Qual cidadão, em sã consciência, apoiaria a greve da polícia?!?! Só se forem os bandidos mesmo, para facilitarem ainda mais o seu "ofício". A população não pode ficar sem polícia nas ruas por nenhum motivo, ainda mais por $$$. PARABÉNS AO DES. SÉRGIO. MUITO OBRIGADO POR ESSA DECISÃO DE MANTER A POLÍCIA TRABALHANDO!!
 
PEDRO CÉSAR em 21/04/2012 11:19:07
Qualquer greve de servidor público deveria ser ilegal não só a da polícia civil, só no Brasil mesmo que servidor público tem toda essa moleza, o camarada faz o concurso sabendo muito bem das condições de trabalho e remuneração depois que assume ao invés de trabalhar fica chorando reajuste a vida inteira ao invés de procurar algo melhor e dar a vaga para alguém que realmente quer trabalhar.
 
Ronaldo Barros em 21/04/2012 11:19:03
Reajuste de 62% para parlamentares não é ilegal também???
 
Oswaldo Benites Junior em 21/04/2012 11:18:33
No deles nada,para o menos favorecido é sempre assim,só que nós enxergamos tudo.
 
bianor muller em 21/04/2012 10:34:42
o TJ/MS é Estadual né.... logo... uma mão lava a outra..
 
Bruno Nodes em 21/04/2012 10:33:26
Continuem em busca de salário justo! Não esmoreçam! Alguém esperava posição diferente de "nosso" TJ? Polícia Civil-Servir e Proteger!
 
Augusto ribeiro em 21/04/2012 10:29:04
Será que o DESEMBARGADOR não considera ilegal a diária ganha no TJ. E’ moleza julgar o salário, alheio. Qual e’ o salário do TJ?
 
Andre' Pereira em 21/04/2012 10:28:35
parabens aos companheiros da segurança nao se intimidem com essa decisao d Sergio MAartins com certeeza o pleno do tj nao concorda com ele ,o direito de greve esta constituiçao avante companheiros!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
 
jaime teixeira em 21/04/2012 10:11:55
Considero-me um cidadão de sã consciência e apóio sim a reivindicação dos pc, pq acredito q a vida deles vale mais q 2mil e poucos reais, pq não é justo com eles q um delegado receba mais de 8 mil reais inicial, pq sem a polícia não há sociedade organizada, pq ñ me sentiria bem apoiando poderosos em detrimento de uma classe menos favorecida e pq daqui uns dias ninguem terá direito a reivindicar..
 
luciano farias em 21/04/2012 09:46:47
ILEGAL É UMA PONTE DE CONCRETO CUSTAR 1.500,00,: TJMS PROCURA SABER AONDE ESTA O DINHEIRO DA PONTE DE CONCRETO , NO BAIRRO NOVA ESPERANÇA ,.
 
LUIS JOSE DE OLIVEIRA em 21/04/2012 09:46:04
Engraçado né, qdo estao julgando o reajuste do salario dos outros o TJ eh sempre contrario à greve, sera que eh pelo simples fato deles terem os melhores salarios??? ou pq qdo eles querem um aumento eles o fazem e ninguem reclama e nem entra em greve, eiiiitaaaa meu Brasil.....
 
Mauro Jose em 21/04/2012 09:45:02
Fernando Barros, o senhor fala de uma coisa que não tém conhecimento. Dizer que os Policiais Civis, passam o dia inteiro no ar condicionado, é simplesmente não conhecer nada do que é um plantão policial. Sou PM, e não aceito sua defesa da minha instituição, atacando tão nobre instituição como a Polícia Civil, que juntamente com a Policia Militar, tém se desdobrado para minimizar ações de crimes.
 
valter antunes em 21/04/2012 09:37:54
ainda bem que estamos na democracia . imagina se dessa decisao nao coubesse recurso. estariamos numa SIRIA . uma matança só.
Isso que é a gente que faz!
 
janilson cavalcante em 21/04/2012 09:15:13
MAIS UMA VEZ ESTA COMPROVADA A FALTA DE COMPROMETIMENTO DO PODER JUDICIÁRIO DO NOSSO ESTADO COM A SOCIEDADE. ESSAS DECISÕES NOS DA A CERTEZA DE QUE A DEMOCRACIA JA NÃO EXISTE MAIS E QUE OS FAVORES ANIDA SE SOBREPÕEM AOS VALORES. ESSE DESEMBARGADOR SÓ PODE SER BICHEIRO, PRA CONCIDERAR ILEGAL COMBATER ESSE TIPO DE CRIME. PRESTA ATENÇÃO SR, SERGIO MARTINS .O SENHOR ESTA A FAVOR DA CONTRAVENÇÃO?
 
Marcio Azevedo em 21/04/2012 08:36:17
Agora é assim todo mundo quer aumento!A Policia Civil só investiga,passa quase o dia todo no ar-condiconado,quem merece aumento é só a PM,que rala pra caramba pra salvar vidas,enfrentar bandidos armados etc.
 
Fernando Barros em 21/04/2012 08:35:55
Manobra "fast"! est facist.
 
Flávio Malaquias em 21/04/2012 08:35:52
ILEGAL, É O AUMENTO QUE OS DEPUTADOS FEDERAIS E SENADORES DERAM PRA ELES MESMOS,E ISSO QUE NEM PRECISAM DE SINDICATO! POR QUE O TJ NÃO JULGA ISSO ILEGAL TAMBÉM??????????
 
Sonia Nazário Ribas em 21/04/2012 08:21:15
Hoje em dia a unica greve considerada legal é a do judiciário.
 
robson barbosa em 21/04/2012 08:14:47
Eu concordo em grau, número e gênero, com o aumento da polícia militar e a civil, que repreende e analisa juridicamente a situação dos infratores, e os "ESQUECIDOS"(agentes prisionais), que cuidam dessa corja de malandros, como é que fica???????????
 
jorge leandro em 21/04/2012 06:01:10
A Constituição Federal 1988, dá ao servidor público(exceção dos militares) direito à greve...isso na teoria. Porque na prática a GREVE não existe mais no Brasil. Os tribunais de justiças de todo o Brasil estão do lado dos governadores. Não sou eu quem afirma isso...é só vcs observarem as ações dos tribunais. Nunca mais ouvi dizer que algum tribunal deu legitimidade para as greves pelo país.
 
Carlos Eduardo em 21/04/2012 05:41:03
não se concerta um erro errando também a classe politica errou feio se dando este aumento absurdo,mas á população vai dar o troco afinal as eleições estão ai..(ESPERO..) agora á policia usar o nome da sociedade em beneficio próprio ai já está se igualando aos políticos..dizer que operação padrão é anseio da sociedade é uma baita da mentira o direito de um não pode se sobrepor ao de outro ..
 
haroldo jose fernandes nogueira em 21/04/2012 04:53:05
quando o cidadao que paga imposto precisar da policia,por favor procure no aquario do pantanal,aonde nao faltara dinheiro.ACORDA MS
 
altair f silva em 21/04/2012 04:30:35
ESTOU COM UMA MÁ IMPRESSÃO QUE SE O GOVERNO NÃO MEHORAR OS SALÁRIOS DESSES PROFISSIONAIS, A SEGURANÇA PUBLICA VAI PIORAR NO NOSSO ESTADO. POIS NINGUÉM TRABALHA E NEM COMBATE DESMOTIVADOS. TENHO MEDO. POIS DEPOIS SERÁ IRREVERSIVEL TRAZER SEGURANÇA A POPULACAO E TERÁ QUE GASTAR O TRIPLO PARA TORNAR O ESTADO COMO ESTÁ HOJE. 25% NÃO É NADA PARA O MS RICO QUE É.
 
paulo guedes em 21/04/2012 04:17:30
Esse desembargador não é aquele que foi candidato a vereador (e perdeu) ? Entrou na vaga da OAB e por indicacão política no TJ ? Não me recordo desse nome na Magistratura de carreira . Pra ser Desembargador eu acho que tem que ser Juiz antes ...
 
george conrado em 21/04/2012 03:59:05
Quem vai ser contra o ditador? A volta do Gorverno Militar Já
 
josue dos santos em 21/04/2012 03:42:04
PEDRO CÉSAR vc está mal informado. Qdo a atividade for essencial tem de ficar 30% do pessoal trabalhando, o q aconteceu. Estamos em uma democracia, todos tem direito à greve. Se continuar do jeito que tá, a qualidade da polícia será baixa pq não dá para sustentar a família, eles terão de fazer bico e MS não será mais o estado q tem menos policiais corruptos. Eles correm perigo de morrer todo dia.
 
Autusto Rocha em 21/04/2012 03:22:07
Os Juízes, Promotores e Defensores Públicos já conseguiram paridade com os salários de seus pares a nível Federal, ou seja, ganham iguais a eles. Os Delegados da PC e Coronéis da PM de Mato Grosso do Sul também ganham iguais seus pares do Distrito Federal, os mais altos salários das polícias do Brasil. Agora, só faltam os Praças da PM e os Agentes da PC receberem este "benefício". Se deixarem...
 
Sérgio Rodrigues Maciel em 21/04/2012 03:21:41
Eu pensava em fazer direito, mas, para me formar teria que ler mais que em qualquer outro curso superior, tudo bem, depois refleti, quê adiantaria eu ler tanto, ter conhecimento das leis, se na hora de pôr em prática, essas mesmas leis não seriam colocadas de lado, que, o que iria decidir na verdade era a influencia dos envolvidos: pergunto, porque é o governador que empossa desembargadores...?
 
Ademir de Souza em 21/04/2012 02:34:59
é necessário que tomamos consciência que precisamos da polícia sim e sempre, porém trabalhando alegre, produtiva, satisfeita com o que faz, aí sim teremos policia de verdade, lutem companheiros. Sua visão está destorcida Senhor Pedro César. abraços
 
Romaldo Milani em 21/04/2012 02:34:53
É Senhor Pedro Cézar, ninguém precisa apoiar a greve da Policia, somente precisa apoiar a reivindicação por um melhor salário, afinal creio que ninguém quer essa greve somente quer ser melhor remunerado... Isso mesmo, apoie o Desembargador a dizer que greve apesar de CONSTITUCIONAL é ILEGAL e acredite que está sendo protegido por alguém... A sorte é que recurso existe é pra ser usado!!!
 
Danielle Stabullo em 21/04/2012 02:19:14
Este TJ/MS tá de brincadeira... Que o diga o ex-deputado Ary Rigo, aliás tudo que ele disse foi esquecido... A hora é agora, e a urna é o lugar de dar a resposta certa a esta truculência. Apoio totalmente a luta dos policiais por um salário digno.
 
João Márcio Escobar em 21/04/2012 02:05:04
Minha gente, quem não sabe que o governo manda em tudo nesse estado. O Governador tem todos na mão, infelizmente, e isso tem que acabar. Espero que o TJ/MS julgue inconstitucional também as viaturas ficarem sem combustível e o CIOPS repleto de ligações para atendimento. Haaaa não esquecer que 'tolerãncia zero" é também a paciência dos militares e civis e suas familias nas eleições.
 
Neire Glaucia em 21/04/2012 01:29:09
É Sr PEDRO CÉSAR, o senhor deve ser algum “empresáriozinho”, que vive a facilitação do governo e trabalha dentro de escritório com ar condicionado. No mínimo se ouve um barulho na madrugada no próprio quintal liga para o 190 chorando para vim proteger você e sua família. Agora na hora dos policiais revindicar melhores salários, mais justos pelas funções que exercem o senhor critica??? PARABÉNS.
 
Sidney Gonçalves em 21/04/2012 01:16:57
Nosso TJMS tem tanta moral quanto nossa Assembléia ou nosso Congresso Nacional!!! Não era de se esperar outra postura por parte desses Doutores da Lei!
 
cláudio Cavalcante em 21/04/2012 01:04:39
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions