A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

19/05/2010 12:52

TJ pode julgar Adin que restringe colheita da cana

Redação

Poderá ser julgada nesta quarta-feira, a Adin (Ação Direta de Inconstitucionalidade) movida pelo prefeito de Ponta Porã, Flávio Kayatt, contra uma lei municipal que estabelece normas para a colheita mecanizada de cana-de-açúcar naquela cidade.

Na prática, a lei, suspensa por meio de liminar, restringe a expansão da cana-de-açúcar.

A Prefeitura alega que o município não teria competência para legislar sobre matéria ambiental e que as exigências de protocolo de requerimento, além de ofender a liberdade comercial, impõe ao executivo obrigações, em ofensa ao princípio da autonomia dos entes federados.

Entre as medidas da lei, de 2009, está a proibição da queima da palha da cana-de-açúcar e a redução de 5% ao ano das áreas dispensadas ao cultivo de cana-de-açúcar.

A votação da Adin está apertada. Ele havia sido interrompida em razão de um pedido de vistas. Até agora foram cinco votos considerando a ação procedente (incluindo relator) e seis contrários à Adin.

Câmara de Vereadores entrega meio milhão de reais em emendas parlamentares
A Câmara Municipal de Costa Rica, a 305 quilômetros de Campo Grande, realiza nesta segunda-feira (dia 11) três sessões, duas delas especiais. Às 14h ...
Município de Itaporã comemora 64 anos de emancipação neste domingo
Conhecido como Cidade do Peixe, Itaporã, distante 227 km de Campo Grande, comemora 64 anos de emancipação neste domingo (10). A prefeitura municipal ...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions