A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

03/07/2015 14:51

Traficante é preso durante operação para desarticular o PCC no Estado

Michel Faustino
Traficante foi preso em casa em Três Lagoas. (Foto: Minuto MS)Traficante foi preso em casa em Três Lagoas. (Foto: Minuto MS)

Um traficante, que não teve a identidade divulgada para não atrapalhar o trabalho policial, foi preso na manhã de hoje (03) durante operação para desarticular o PCC (Primeiro Comando da Capital), facção criminosa que atua no sistema penitenciário do Estado, em Três Lagoas, a 338 quilômetros da Capital.

O Campo Grande News apurou que o homem foi encontrado em uma residência no Bairro Vila Nova, e contra ele havia um mandado de prisão em aberto. Conforme as informações, o homem é natural de São Paulo (SP), e reside na cidade de Três Lagoas, onde mantém praticas criminosas, há pelo menos quatro anos.

Outras prisões - Ainda em Três Lagoas, um adolescente de 17 anos também foi apreendido. Na Capital, um mandado de busca foi cumprido pelo Bope (Batalhão de Operações Especiais) no bairro Morada Verde, região norte da cidade.

Em um casa os policiais encontraram 143 papelotes de cocaína e R$ 2,5 mil em dinheiro. A droga e o dinheiro estavam no quarto de uma mulher de 24 anos, que foi presa em flagrante.

Operação - Batizada de “Livro Negro”, a operação é realizada nesta sexta-feira em Campo Grande, Dourados, Três Lagoas, Aquidauana, Brasilândia e Rio Verde de Mato Grosso e cumpre sete mandados de busca e apreensão em residências e realiza nove vistorias em celas de presídios estaduais ocupadas por integrantes da facção.

A ofensiva contra o crime é resultado de cinco meses de investigação realizada em conjunto pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado) e a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário), com o apoio da PM (Polícia Militar).

Foram apurados crimes de participação em organização criminosa, tráfico de drogas e associação, roubos e furtos. Os delitos foram praticados por internos e egressos do sistema penitenciário.

O nome da operação é em alusão aos integrantes que, por estar em débito, foram punidos ou excluídos da organização criminosa.

Participam da ação três promotores, servidores da Agepen e 90 policiais do BP Choque, Bope (Batalhão de Operações Especiais), Gaeco e unidades policiais do interior do Estado.

Operação para desarticular o PCC acontece em seis cidades de MS
Operação para desarticular o PCC (Primeiro Comando da Capital), facção criminosa que atua no sistema penitenciário do Estado, é realizada nesta sexta...
MEC deve homologar Base Comum Curricular na próxima quarta-feira
O Ministério da Educação informou que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada hoje (15) pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), deve ser ...
Presos da penitenciária federal da Capital são julgados por crime em RN
Um preso custodiado no presídio federal de Campo Grande foi julgado, ao lado de outros três homens, na quinta-feira (14) e nessa sexta-feira (15) por...
Governo Federal reduz período do horário de verão para 2018/19
O presidente Michel Temer assinou hoje (15) um decreto reduzindo em duas semanas o horário de verão em 2018. No ano que vem, a medida começará a vale...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions