A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

15/04/2014 09:08

Traficantes mudam de estratégia e agora investem dinheiro da droga em bens

Francisco Júnior e Graziela Rezende
Diretor geral da Polícia Civil, Jorge Razanauskas. Diretor geral da Polícia Civil, Jorge Razanauskas.

Para tentar burlar ação da Polícia, traficantes que agem em Mato Grosso do Sul estão mudando a estratégia e investindo boa parte do dinheiro arrecado com a venda de entorpecentes em bens.

Segundo o diretor geral da Polícia Civil, Jorge Razanauskas, a ação dos bandidos não mudou, o que foi alterada é maneira como o dinheiro é aplicado. “Os bandidos utilizam os mesmo locais para passar com a droga, como as estradas vicinais. O que eles fazem agora é descaracterizar o crime investindo o dinheiro em bens”, explicou o diretor.

Conforme Razanauskas, antes as quadrilhas recebiam o dinheiro com a venda da droga e compravam mais entorpecentes, agora o foco é a aquisição de imóveis e veículos. “Eles estão comprando caminhões, propriedades rurais, que serve como entreposto para armazenagem da droga”, comentou.

Diante desta situação, a investigação da Polícia é ampliada e não termina no flagrantes e anas preensão . O diretor explicou que, antes quando a droga era apreendida e não havia flagrante, o traficante era procurado e preso. Agora, após esse processo, uma nova investigação é aberta para saber em que a quadrilha está empregando o dinheiro.

“A intenção com investigação é desarticular essa quadrilha e não deixar que transformem o dinheiro em algo lícito”,ressaltou o diretor participa nesta manhã na incineração de 36 toneladas de drogas apreendidas só este ano em Mato Grosso do Sul. A queima da droga é realizada no frigorífico JBS, na saída para Sidrolândia, na BR-060.  

Autorização para psicólogos aplicarem terapia de reorientação sexual é mantida
O juiz Waldemar Cláudio de Carvalho, da 14ª Vara Federal de Brasília, decidiu hoje (15) tornar definitiva a decisão liminar (provisória) que havia pr...
Clientes de banco podem renegociar dívidas no "Caminhão do Quita Fácil"
A partir de segunda-feira (18), clientes das agências da Caixa de Campo Grande terão a possibilidade de renegociar suas dívidas atrasadas há mais de ...
Acordo entre poupadores e bancos vai beneficiar 30% dos que entraram na Justiça
Das 10 milhões de pessoas que entraram na Justiça por perdas no rendimento de cadernetas de poupança, apenas cerca de 3 milhões serão beneficiadas, s...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions