ACOMPANHE-NOS    
MAIO, SÁBADO  28    CAMPO GRANDE 30º

Cidades

Transporte entre antiga e nova rodoviária só em 4 meses

Por Redação | 18/05/2010 14:15

O transporte coletivo para passageiros, especifico para ligar a antiga rodoviária de Campo Grade ao novo terminal, só deve começar a funcionar daqui a quatro meses.

A previsão é do diretor presidente da Agetran, (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), Rudel Trindade. Ele explica que o projeto ainda está em fase de estudos para definir os locais em que essas estações de embarque e desembarque serão construídas.

Depois será feito o projeto arquitetônico, fase que dever ser finalizada em um mês. "Aí apresentamos o projeto à prefeitura e sendo aprovado iniciamos a licitação", diz.

A ideia, conforme explica Trindade, é que esses terminais sejam vistos como "salas de embarque", com conforto para os passageiros que aguardam a chegada do ônibus que fará o transporte entre as duas rodoviárias, uma no bairro Amambai e outra na saída para São Paulo.

"O local de embarque deve ter áreas privadas e confortáveis, com espaço suficiente para passageiros e bagagens", especifica.

A tarifa, segundo estima o gerente da Agetran, deve ser estabelecida entre R$ 10 e R$ 12. Mesmo valor do serviço prestado na cidade de Curitiba, capital do Paraná.

O serviço de transporte de passageiros funcionou de forma temporária por trinta dias logo que a rodoviária foi inaugurada. Mas segundo a Agetran foi desativado por falta de demanda.

Nos siga no Google Notícias