A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

08/04/2008 15:38

Tribunal de Contas multa Jardim, Sonora e a Agiosul

Redação

Dentre nove processos julgados pelo Tribunal de Contas do Estado nesta terça-feira, oito foram reprovadas pelos conselheiros. No total, terão de ser devolvidos aos cofres públicos R$ 211.165,56 por conta de contratos irregulares firmados pelas prefeituras de Sonora, Jardim e pela Agiosul (Agência Estadual de Imprensa Oficial de MS).O prefeito de Sonora, Zelir Antônio Maggioni, terá de devolver R$ 204.199,02, e pagar multa de 200 Uferms (cerca de R$ 2,6 mil). A irregularidade foi encontrada na prestação de contas referente a contrato de 2006, com o Auto Posto Pantanal, para fornecimento de combustível aos veículos do município.

Em Jardim, o problema foi detectado na prestação de contas sobre serviços médicos, o que provocou a impugnação de R$ 2,5 mil e multa de 50 Uferms (R$ 651,00) ao prefeito Evandro Antônio Bazzo.O diretor-presidente da Agiosul, Jamil Felix Naglis Neto, também foi punido por irregularidade na aplicação de R$ 4.466,54 e multado em 100 Uferms (R$ 1.3 mil), por causa problemas em contrato de compra de peças de reposição para máquinas gráficas em 2004.

Câmara de Vereadores entrega meio milhão de reais em emendas parlamentares
A Câmara Municipal de Costa Rica, a 305 quilômetros de Campo Grande, realiza nesta segunda-feira (dia 11) três sessões, duas delas especiais. Às 14h ...
Município de Itaporã comemora 64 anos de emancipação neste domingo
Conhecido como Cidade do Peixe, Itaporã, distante 227 km de Campo Grande, comemora 64 anos de emancipação neste domingo (10). A prefeitura municipal ...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions