A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

04/05/2009 17:33

Tribunal decide se médica vai a júri por 25 abortos

Redação

A 2ª Turma Criminal do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul decide, na próxima segunda-feira, se a médica Neide Mota Machado vai a júri popular pela acusação de ter realizado 25 abortos. Em 7 de agosto de 2008, o juiz da 2ª Vara do Tribunal do Júri de Crimes Dolosos contra a Vida, Aluízio Pereira dos Santos, pronunciou Neide e mais quatro funcionárias da Clínica de Planejamento Familiar.

O caso foi denunciado em reportagem da TV Morena em 2007. Usando uma câmera escondida, reportagem flagrou a prática de aborto no estabelecimento hospitalar. A unidade fez abortos por mais de 20 anos na Capital. Dezenas de mulheres já foram denunciadas por terem realizado aborto na clínica de Neide Mota Machado. Ela recorreu ao Tribunal de Justiça para não ir a júri popular pelo crime.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions