A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

01/02/2010 16:10

Tribunal mantém Rondon em prisão domiciliar em Bonito

Redação

A 2ª Turma Criminal do TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) manteve o ex-médico Alberto Jorge Rondon de Oliveira em prisão domiciliar em Bonito, um dos principais pontos turísticos do Estado e localizado a 257 quilômetros de Campo Grande.

Na tarde de hoje, os magistrados, por unanimidade, aprovaram a concessão do hábeas corpus para o ex-médico, acusado de mutilar 120 mulheres ao tentar realizar cirurgias plásticas.

O MPE (Ministério Público Estadual) foi contra a concessão do benefício. O pedido de prisão domiciliar foi feito pela defesa após Rondon ser transferido da Colônia Penal Agrícola de Campo Grande para o município, onde possui residência e esteve foragido, por cinco anos, até ser localizado pela Polícia Federal em setembro do ano passado.

Ele está cumprindo pena por ter sido condenado em um dos processos a seis anos e oito meses de reclusão em regime semi-aberto. Além de ficar em casa, o ex-médico não poderá freqüentar bares nem ingerir bebida alcoólica.

Câmara Federal regulamenta carreira dos agentes comunitários de saúde
Com a presença de agentes comunitários nas galerias da Câmara, os deputados federais concluíram hoje (12) a votação do projeto de lei que regulamenta...
Anvisa libera serviço de vacinação em farmácias de todo o país
Farmácias e drogarias de todo o país vão poder oferecer o serviço de vacinação a clientes. A possibilidade foi garantida em resolução aprovada hoje (...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions