A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

01/07/2009 16:46

União restringe verbas e obras de presídios emperram

Redação

O Governo federal restringiu a liberação de recursos para Mato Grosso do Sul e prejudicou os projetos de construção de novos presídios. Apesar de terem recursos garantidos, os projetos de duas novas unidades na área de 50 hectares, desmembrada da Fazenda das Moças, estão emperrados.

Segundo o superintendente estadual de Políticas Penitenciárias, Aloysio Franco de Oliveira, só falta a liberação pela União para dar continuidade à proposta da construção de uma unidade prisional para 420 jovens de 18 a 24 anos de idade.

O Ministério da Justiça também não liberou os recursos para a construção do presídio feminino, com 230 vagas, em Campo Grande. Enquanto aguarda a União, o Estado banca com recursos próprios a construção do novo semi-aberto, com 960 vagas e orçado em R$ 6,7 milhões.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions