A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 22 de Novembro de 2017

27/06/2009 09:22

Vigilantes fazem apitaço por adicional de periculosidade

Redação

Um grupo de vigilantes protesta esta manha no cruzamento da avenida Afonso Pena com rua 14 de julho, centro de Campo Grande, pela votação na Câmara Federal de projeto que prevê a implementação dos 30% de adicional de periculosidade, devido ao risco de vida da categoria.

Celso Adriano Gomes da Rocha, do Sindicato dos Empregados de Empresas de Segurança, Vigilância e Transporte de Valores de Campo Grande e Região, afirma que há possibilidade de que o projeto, que já passou pelo Senado, seja engavetado.

Por isso a categoria está promovendo mobilizações em todo o País. A intenção, afirma, é mobilizar a sociedade e sensibilizar os dois senadores e oito deputados federais de Mato Grosso do Sul.

A partir de meio-dia deve haver uma passeata pelas ruas do centro. A intenção é agendar também audiências com os parlamentares que representam Mato Grosso do Sul no Congresso Nacional.

Governo anuncia novos medicamentos na rede pública para tratar mal de Parkinson
Sete anos após a última atualização sobre o tratamento aos pacientes com mal de Parkinson na rede pública do país, o Ministério da Saúde aprovou um n...
STF nega liberdade a advogado condenado a 72 anos de prisão
O advogado Dionísio dos Santos Menino Neto, condenado a mais de 72 anos de reclusão em regime fechado, teve o pedido de habeas corpus negado nesta te...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions