A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

14/05/2010 14:54

Vizinho suspeito poderá responder por furto e receptação

Redação

Rodrigo Dourado Pinto, de 23 anos, detido nesta manhã como suspeito da morte de Noely Soares de Oliveira, de 71 anos, decapitada e carbonizada ontem no Jardim Canguru, em Campo Grande, poderá responder por furto ou receptação. Ele será ouvido nesta tarde na 5ª Delegacia de Polícia da Capital e não é descartado seu envolvimento com a morte da mulher.

Na casa de Pinto foram encontrados vários pertences da vítima, como uma televisão, um aparelho de som, um aparelho de DVD e diversos celulares cuja origem ainda não foi identificada.

Segundo informado pela Polícia Civil, por meio de sua assessoria de imprensa, foi encontrada na televisão da mulher uma substância que aparenta ser sangue, mas apenas exames periciais poderão confirmar a suspeita.

A Polícia investiga o envolvimento do jovem com a morte da mulher ou com o autor do crime. Outra hipótese é de que ele tenha furtado ou recebido os produtos furtados da casa da vítima, que foram retirados enquanto o Corpo de Bombeiros tentava conter as chamas.

Neste caso, Pinto poderá deverá responder por furto ou receptação.

Crime - Noely de Oliveira teve a casa incendiada e o corpo carbonizado, após ser decapitada. A principal linha de investigação é de assassinato.

Ontem foram ouvidos o irmão da vítima e um usuário de drogas que morava nas proximidades da casa dela. Este último alegou que comprava entorpecente da idosa.

Após o crime, o irmão informou que ela tinha passagens por tráfico, mas a Polícia não havia conseguido localizar porque o registro do crime era muito antigo.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions