ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, SEGUNDA  27    CAMPO GRANDE 13º

Boa Imagem

Etiqueta digital: boas práticas no uso de celular

Você tem costume de falar alto no celular onde quer que esteja ou vive no celular e ignorando quem fala ?

Por Larissa Almeida (*) | 19/03/2024 14:50

A tecnologia está inserida em nosso dia a dia e não tem como fugir disso. Mas existem algumas boas práticas para a utilização de celulares que nos ajudam a conviver melhor com as outras pessoas, demonstram respeito e consideração com o próximo. É um tal de colocar o celular na frente de outras pessoas para gravar um show ou casamento (um vídeo que provavelmente você nunca vai assistir), falar alto ao telefone em ambientes fechados e silenciosos como recepção de consultórios médicos e por aí vai.

 Ao adentrar em locais públicos mais silenciosos, como avião, consultório médico, cafés entre outros, procure usar fones de ouvido quando for navegar no celular para evitar que os barulhos de vídeos e sons musicais atrapalhem as outras pessoas. Caso não os tenha, deixe o celular no volume bem baixo ou no silencioso. Imagina uma pessoa estar no avião tentando dormir e você assistindo a um filme de terror em alto e bom som ao lado dela. Incomoda né?

 E falando em telefone, evite falar alto ao celular como se estivesse sozinho na sala de casa. Vejo pessoas em consultórios médicos, restaurantes, e em diversos locais públicos falando alto e gesticulando ao telefone sem se importar se está todo mundo escutando sua conversa ou mesmo se vai atrapalhar a outra pessoa.

 Celular no cinema ou teatro? Nem preciso comentar né? Os sons e as luzes mais do que incomodam as pessoas que estiverem próximas a você.

 Celular em reuniões? Apenas se for estritamente necessário, caso precise mostrar alguma informação contida no aparelho. Do contrário, deixe guardado no silencioso e preste atenção em quem estiver falando. É desrespeitoso ficar mexendo no celular enquanto alguém fala com você, mesmo que não seja diretamente como em uma reunião com mais pessoas. Se precisar checar algo urgente, peça licença e tente ser rápido.

 Foi a um jantar entre amigos, ou vai encontrar pessoas para alguma confraternização? Evite chegar e já ficar pedindo o wi-fi logo de cara: fica parecendo que não está a fim de interagir. Se for apenas um jantar, ou festa, você não vai precisar ficar navegando na internet, não é mesmo?  Mas caso seja uma viagem, ou um encontro mais duradouro, aí tudo bem pedir o wi-fi.

 Quer tirar foto de alguém ou algum local privado e postar nas redes sociais? Sempre peça autorização do dono do ambiente ou da (s) pessoa (s) que está (ão) na foto. Isso é inegociável, não é educado compartilhar imagens de terceiros sem autorização.

 O celular muitas vezes parece uma extensão do nosso corpo, mas ele não deve se sobrepor em interações pessoais ou invadir o espaço sonoro e audiovisual do outro.

(*) Larissa Almeida é formada em Comunicação Social pela UFMS e pós-graduada em Influência Digital pela PUC-RS. Trabalhou durante 14 anos na área de comunicação e imagem em importantes instituições como Caixa Econômica Federal, Prefeitura de Campo Grande, Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, Senado Federal, além de ter coordenado a comunicação da Sanesul. Consultora de imagem formada pelo RML Academy e Centro Universitário Belas Artes de São Paulo. Especialista em Dress Code e comportamento profissional por Cláudia Matarazzo e RMJ Treinamento e Desenvolvimento Empresarial. Siga no Instagram @vistavoce_.

Nos siga no Google Notícias