A notícia da terra a um clique de você.
 
11/05/2017 08:20

A criança de hoje só terá futuro se souber programar

Mário Sérgio Lorenzetto
A criança de hoje só terá futuro se souber programar

As crianças brasileiras ainda vivem como seus pais. Não há preocupação com a profunda transformação que o mundo está sofrendo. O futuro delas será totalmente diferente de seus pais. Há poucos anos, a idade média dos habitantes do planeta era de 35 anos a 40 anos. Dobramos, hoje, essa média está entre 70 anos e 85. Não há um só cientista respeitável que ignore que a idade média das crianças de hoje estará próxima dos 100 anos. Isso significa, entre outras muitas mudanças, que elas cursarão, no mínimo, duas faculdades. Serão médicas-advogadas, engenheiras-médicas, juízas-contadoras... terão de preencher com muitos afazeres, e estudos, os longos anos de vida que as aguardam.
Todos os pais aspiram boas formações para seus filhos, mas ninguém sabe quais serão suas escolhas profissionais. Assim, pensando no passado, facultam-lhes inúmeras "atividades extra-curriculares". Aulas de inglês, chinês, ballet, judô, matemática, natação... as crianças passam pouco tempo em casa. Todo esse imenso arsenal de atividades visam exatamente ocupar o tempo e "tatear", tentar imaginar o futuro de suas crianças, facilitando-lhes a profissão futura.
Se fosse um aluno brasileiro, seria mais importante aprender programação que aprender inglês. Muito brevemente, não existirão profissões que não exijam o conhecimento de programas de informática. Esta preferência não deveria estranhar-nos se temos em conta que o conhecimento de linguagem de programação já é uma das atitudes de muitos perfis profissionais. Apenas para ficar em um exemplo: os robôs já estão presentes em muitos hospitais até no atrasado Brasil; isso significa que um médico que não entenda de programação não trabalhará nesse hospital.
Aqueles que desejam acercar-se ao mundo da programação, agora podem fazê-lo de uma maneira divertida usando programas que propõem ensinar desde o zero através de jogos e questionários interativos.

A criança de hoje só terá futuro se souber programar
A criança de hoje só terá futuro se souber programar

Grasshopper, o melhor programa para ensinar programação para crianças e adultos.

Grasshopper é um programa construído por funcionários do Google. É um aplicativo para iOS e Android que ensina a programar em JavaScript de uma forma divertida, através quizs e pequenos jogos. O aplicativo propõe pequenas provas que são resolvidas em apenas cinco minutos diários para aprender as noções básicas dessa linguagem que é usada para criar paginas Web, aplicativos e sistemas para analisar base de dados. O problema do Grasshopper é que, por enquanto, só existe em inglês.

A criança de hoje só terá futuro se souber programar
A criança de hoje só terá futuro se souber programar
A criança de hoje só terá futuro se souber programar

SoloLearn, um ótimo programa para ensinar, em espanhol.

A diferença do anterior, este aplicativo esta disponível em espanhol tanto para iOS como para Android. Além disso, não está centrado apenas em uma linguagem como o Grasshopper. Proporciona conhecimentos básicos em HTML, C++, Java, JavaScript, Python3, SQL, PHP, C#, CSS, Swift, Ruby e jQuery. O usuário escolhe um ou vários tutoriais dentre esses disponíveis e, imediatamente, acessa aos cursos onde se combinam questionários interativos, exercícios práticos e exames de cada lição. À medida que vão resolvendo os problemas, SoloLearn premia oferece premiações simbólicas motivadoras para seguir aprendendo.
Um dos traços distintivos desse programa é que permite criar, executar e guardar os códigos criados pelo usuário, de tal modo que sempre se pode voltar a eles para modificá-los e seguir provando de novos conhecimentos adquiridos. Além disso, há uma camada social para resolver dúvidas e compartilhar experiências com outros membros.

A criança de hoje só terá futuro se souber programar


imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.