ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, QUINTA  29    CAMPO GRANDE 24º

Em Pauta

O café é o novo Viagra? A masculinidade na xícara

Por Mário Sérgio Lorenzetto | 06/12/2023 07:00
Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Não é brincadeira. Um estudo realizado pela Universidade do Texas, o Estado mais machista dos EUA, indicou que os homens que bebem entre duas a três xícaras de café por dia tinham menores problemas de disfunção erétil. Segundo essa pesquisa, os homens que consomem entre 85 e 170 miligramas de cafeína por dia tem 42% a menos de chances de ter esse problema sexual. Quer dizer, o café, segundo o pessoal do Texas, é um eficiente Viagra.


Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Masculinidade mora em uma xícara desde 1.970.

A correlação entre café e masculinidade não é nova. Tudo começou na década de 1.970 quando começaram a aparecer inúmeras propagandas de café com viciados famosos. Bach, Beethoven, Voltaire e Roosevelt. Logo  à frente, com George Clooney e Stieg Larsson (para alguns, foi o consumo excessivo de café que o matou muito jovem). Atualmente, Beckham é a estrela da venda de café. Todos homens. Não há uma só mulher aparecendo em propaganda de café.


Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Bebidas fortes são para corpos fortes. As máquinas são masculinas.

A cultura moderna sustenta que bebidas fortes - como uísque e café - são feitas para corpos fortes. Assim como um trago de uísque é álcool concentrado, o café expresso concentrado é uma intoxicação acelerada de cafeína. Aliás, maquinas tem tudo a ver com homens. E o café expresso nada mais é que um plácido café passado em uma máquina. Mulheres? De acordo com a propaganda, nenhuma bebe café.

Nos siga no Google Notícias