ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, TERÇA  01    CAMPO GRANDE 29º

Em Pauta

O mistério da queda pela metade nas apendicites agudas

Por Mário Sérgio Lorenzetto | 06/10/2020 06:40
Campo Grande News - Conteúdo de Verdade
O apêndice também é chamado de vermiforme, por parecer uma minhoca. Durante muito tempo, a única coisa que sabíamos sobre o apêndice era que podia ser removido sem fazer falta. Uma forte sugestão de que ele não tinha nenhuma finalidade para o homem moderno. A tese mais difundida é de que nos homens primitivos, o apêndice teria alguma finalidade que foi perdida ao longo dos séculos. Hoje, o pensamento é de que o apêndice serve de reservatório de bactérias intestinais.


Campo Grande News - Conteúdo de Verdade
Uma pessoa em dezesseis terá apendicite aguda.

Cerca de uma pessoa em cada dezesseis no mundo sofrerá de apendicite em algum momento. A taxa é baixa, mas suficiente para fazer desse problema a causa mais comum de cirurgias emergenciais. Sem cirurgia, muitas vítimas de apendicite morreriam. Antigamente, era uma causa de morte bem comum. Hoje, só tem importância devido à necessidade frequente de cirurgias emergenciais.


Campo Grande News - Conteúdo de Verdade
A metade do que foi na década de 1970.

A incidência de apendicite aguda no mundo é mais ou menos a metade do que foi na década de 1970. Ninguém sabe ao certo por quê. Permanece mais comum nos países ricos do que nos países em desenvolvimento. Presumivelmente devido a mudanças nos hábitos alimentares, mas, também nesse caso, ninguém pode dizer com certeza. Enfim, demos muitas voltas, estudamos muito, mas voltamos ao passado. A única coisa que sabemos é que o apêndice pode ser extirpado sem fazer falta. Um mistério!
Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário