ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
ABRIL, SEXTA  19    CAMPO GRANDE 27º

Em Pauta

Palestina x Israel: Lula errou, não compreende a história

Por Mário Sérgio Lorenzetto | 20/02/2024 08:46
Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Não há sequer uma remota correspondência entre o Holocausto e a matança desenfreada de palestinos determinada por Netanyahu. Nada. Absolutamente nada, liga esses dois momentos. É impossível recorrer à história para agradar seus eleitores. Todos sabem que a maioria dos palestinos no Brasil votaram em Lula. Também é de conhecimento público que a maioria dos Israelenses votou em Bolsonaro. Tudo se circunscreve à ideologia e não à história. A questão é: os judeus não estavam em guerra com os alemães. Já os palestinos estão em guerra com os israelenses. Israel e Palestina não são Estados comuns, são zonas de guerra. Essa a diferença fundamental. Não havia guerra entre judeus e nazistas.


Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Os judeus não estavam em guerra com os nazistas.

Não existe um só brasileiro que ainda desconheça que os palestinos estão em guerra aberta, ou clandestina, com os judeus desde o final da Segunda Guerra ou do final do século XIX? Todavia, também deveriam conhecer que os judeus na Alemanha, em momento algum, provocaram ou fizeram guerra com os nazistas. Não havia problema de nenhuma ordem entre judeus e alemães (ou com qualquer outro povo). O que aconteceu na Alemanha nazista foi, única e exclusivamente, assassinato enlouquecido. Milhões de alemães mataram milhões de judeus a sangue frio, sem julgamento e sem culpa alguma. Por trás de cada marco na história humana se esconde um monstro.


Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Chegaram às câmaras de gás por mentiras, matam na Palestina por território.

Não havia nenhum motivo cultural para os judeus serem trucidados pelos nazistas em toda a Europa. Também não existiam pressupostos religiosos pois o judaísmo não tem ligação com violência. Rabinos não mandam matar adeptos de outras religiões. Como também não existiam motivos éticos. É histórico que a maioria dos judeus cultiva a palavra empenhada, pois ela foi sua salvação, quando da proibição da usura. Restavam apenas mentiras para os nazistas levá-los às câmaras de gás e fuzilamentos. A principal era de ordem econômica: os judeus teriam destruído a economia alemã para enriquecerem. Quem estudar minimamente esse terrível período da história, verá que essa é uma mentira desorbitada. Os responsáveis pela destruição da economia alemã eram os franceses, ingleses e norte-americanos. A segunda, era da pretensiosa superioridade ariana, mas essa vale para todos, não é exclusividade judaica. Todavia, não caiam nas novas mentiras. Israelenses matam palestinos, e vice versa, exclusivamente por território. Todos os demais argumentos são peças de propaganda de guerra. Lula fala para seu eleitorado. Como muitas vezes, fala sem conhecimento. Construiu sua longa trajetória sendo um boquirroto.

Nos siga no Google Notícias