ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SEGUNDA  08    CAMPO GRANDE 20º

Em Pauta

Qual é a probabilidade de que se propague um incêndio florestal?

Por Mário Sérgio Lorenzetto | 26/07/2022 06:40
Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Desde meados de 2.020 o Pantanal está sendo destruído. O fogo já destruiu mais de nove vezes a mais que o desmatamento dos últimos anos. E não há perspectiva alguma que venha a, pelo menos, desacelerar. A ordem é clara: "queimem", "queimem tudo". Mas, é verdade que o avanço do fogo é difícil de prever. Todavia, surgiu, recentemente, um modelo matemático que permite entender alguns aspectos essenciais de como o fogo pode evoluir. A Teoria da Percolação (percolar é filtrar, escolher) emprega modelos de formação de nuvens de fogo para descrever como ele avança.


Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

O francês que ganhou a medalha de melhor matemático do mundo.

Nos últimos anos, o matemático francês Hugo Duminil-Copin realizou estudos importantíssimos para essa área, o que lhe valeu a medalha Fields de 2.022. O melhor matemático do ano. Equivalente ao Prêmio Nobel. Seu trabalho, situado entre a física e a matemática, revolucionou o campo, resolvendo muitos dos problemas existentes.


Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

O modelo de Copin.

Ao modelar a propagação de um incêndio, é chave calcular a probabilidade de que o fogo permaneça isolado (como ocorria antigamente no Pantanal) ou de, pelo contrário, se estenda em amplas zonas (como passou a acontecer à partir de 2020). Com uma análise muito simples, Copin passou a modelar com uma quadricula, composta por pontos, que são as árvores, e as bordas do fogo, que conectam os pontos. Cada borda - cada união de duas árvores - inclui além disso um valor, da probabilidade de que o fogo passe para além dessas duas árvores. Se uma borda propaga o fogo, recebe o nome de borda aberta. Veja o desenho de um exemplo:

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade


Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

O fogo chegará ao centro da mata?

A grande questão em um incêndio florestal é se o fogo chegará ao centro da mata. A partir do modelo de Copin, é possível obter essa probabilidade. Caso chegue ao centro da mata, formará um caminho - uma sucessão de bordas abertas - que comunique o centro da quadricula com o exterior, onde se supõe que o fogo tenha iniciado. Não é difícil nem complicado, apenas um ótimo modelo matemático vinculado à física. Sem duvida, evita desperdícios e má gestão de incêndios florestais.

Nos siga no Google Notícias