A notícia da terra a um clique de você.
 
06/04/2017 07:30

Quando iniciará a Lava Jato dos sindicatos?

Mário Sérgio Lorenzetto
Quando iniciará a Lava Jato dos sindicatos?

São 250 novos sindicatos por ano. O Brasil, além de criar quase um sindicato por dia, conta com mais de 16 mil entidades representantes de trabalhadores. Uma breve comparação estarrece qualquer leitor: os Estados Unidos contam com pouco mais de 100 sindicatos, numero similar da vizinha Argentina. Mas há números ainda mais chocantes. Nada menos de 98% das ações trabalhistas do mundo, ocorrem no Brasil. Se é que existe um negócio da China, sindicato é negócio do Brasil.

É isso, montaram uma verdadeira "indústria sindical" no país. Ela recebe só em imposto sindical obrigatório, que cobra um dia de cada trabalhador, mais de R$3 bilhões. O pior é que todo trabalhador não sindicalizado tem de pagar essa aberração. Por lei, do período Lula da Silva, não prestam conta nem aos tribunais.

A pirâmide da fortuna em "berço esplêndido", têm no topo a CUT, braço sindical dos petistas. As informações do dinheiro sindical só chegaram ao conhecimento da sociedade porque o Ministério do Trabalho e a CGU venceram uma longa batalha pela transparência. Há pouco tempo o ministério passou a divulgar o quanto recebem os sindicatos, mas isso só vale para os sindicatos urbanos, os rurais ainda não foram atingidos pela necessária transparência.

Como não prestam conta a ninguém, os clãs tomam conta da maioria dos sindicatos. Sai um presidente e entra em seu lugar o tesoureiro. Sai o tesoureiro e retorna o antigo presidente. Algo muito próximo do coronelismo ou da máfia. Se não for coronelismo ou atividade mafiosa, é, certamente, um ranço da ditatorial. Até há pouco tempo existiam mais de 8 mil sindicalistas com mais de dez anos de poder. Pode parecer piada, mas criaram no período Lula a maior aberração sindical - o sindicato dos trabalhadores de sindicatos.

Se sindicato prestasse para alguma coisa no país, além de ser um famigerado cabide de emprego, estaria nas ruas debatendo a questão mais preocupante, aquilo que afeta a vida de 13,5 milhões de brasileiros - o desemprego. Enquanto os trabalhadores passam fome, os sindicatos estão fazendo campanha para o retorno de Lula ao poder. Como sempre!

Quando iniciará a Lava Jato dos sindicatos?

Xi quer o lugar de Trump

Ironia das ironias. A China quer ser o líder mundial do capitalismo. Agora, anuncia que também deseja ser o país que liderará o mundo para a melhoria ambiental. Há poucos meses, Obama cobrava do presidente chinês Xi Jinping uma melhoria do ambiente financeiro do capitalismo. Durante os anos Obama, os EUA pressionaram a China para limitar o uso de combustíveis fósseis na tentativa de reduzir o efeito estufa. Tudo se inverteu. Xi talvez dará uma lição de capitalismo e outra de ambientalismo para Donald Trump.

As declarações de Xi afirmando que deseja liderar o mundo em matéria de políticas climáticas fez manchete nos principais jornais dos EUA. Não por acaso, Xi terá reuniões com Trump nesta quinta-feira e amanhã. Nesta semana, quando ocorre em N.York o Forum Sustainable Energy for All, a China revelou estatísticas oficiais anunciando que o país reduzirá em 60% as emissões de carbono ainda em 2017. Além disso, o Institute for Energy Economic and Financial Analisys, sediado em Ohio (EUA), anunciou que a China já é o país líder em energia renovável e em investimentos para reduzir as emissões de carbono.

Quando iniciará a Lava Jato dos sindicatos?

A Samsung vai para o tudo ou nada

Nas semanas que antecederam o lançamento do Galaxy S8, a Samsung levou ao ar um anúncio na TV norte-americana exclusivamente dedicados aos novos testes de segurança com as baterias. Elas teriam passado pelos mais duros requisitos de toda a história dos celulares. Teriam sido submetidas a um processo de verificação de oito pontos que vai muito além das regras da indústria. A campanha está endereçada para o desastroso legado do Galaxy Note7, que explodiu a boa fama da empresa com suas baterias detonantes.

O impacto do desastre do Note7 não pode ser subestimado e vai muito além dos custos financeiros - algo como R$14 bilhões para recolher os aparelhos e R$380 milhões para reforçar a segurança do produto. O escândalo não só fez a Samsung perder a liderança do mercado mundial para a Apple - o que não acontecia há dois anos - como a atirou do primeiro para o quinto lugar no importantíssimo mercado chinês. Só resta à Samsung o vai ou racha.

Quando iniciará a Lava Jato dos sindicatos?

Truques usados pelos supermercados para consumirmos mais

Quando iniciará a Lava Jato dos sindicatos?

Produtos em promoção em destaque

Nem sempre todos os produtos que estão em uma "ilha", estão em promoção. A ideia é, muitas vezes, mas não sempre, conseguir que um produto em promoção fique mais destacado e fique mais visível, levando o consumidor a imaginar que todos os produtos estão em promoção.



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.