A notícia da terra a um clique de você.
 
26/01/2020 08:01

Quem quer ser bruxa? Uma universidade ensina feitiçaria

Mário Sérgio Lorenzetto
Quem quer ser bruxa? Uma universidade ensina feitiçaria

Uma casa ampla em Santo André, no ABC paulista. Dezenas de alunas seguem com atenção os comandos da professora. Na parede, surge a imitação de uma catedral gótica e figuras como "O Nascimento de Vênus", de Sandro Boticelli. Máscaras venezianas e orientais estão em outras. Um calendário maia, pinturas de gatos, uma imagem de Ganesha, um pentagrama, entre outras ornamentações.

Quem quer ser bruxa? Uma universidade ensina feitiçaria

A primeira aula de bruxaria.

"Podem abrir suas mandalas", diz a professora. Tecidos coloridos são abertos rapidamente na frente das alunas. Sobre os panos, colocam castiçais, velas, copos de água, incensos, pedras e um tipo de punhal das feiticeiras. "Vamos abrir o altar", avisa a professora. Distribui conchas, moedinhas, lápis e papel. Todas levantam e giram o punhal no ar. Saúdam a lua cheia. Em seguida, posicionam o punham novamente sobre o tecido. Este é o início de uma aula de bruxaria. Nesse dia, aprenderão o feitiço da prosperidade.

Quem quer ser bruxa? Uma universidade ensina feitiçaria
Quem quer ser bruxa? Uma universidade ensina feitiçaria

Bruxaria também tem franquia.

Fundado em 1996, a partir de uma franquia da marca esotérica "Alemdalenda", a Casa de Bruxa apresenta mais de duzentos cursos divididos em duas grandes áreas: Esotéricas e Terapias Holísticas. Um dos carros-chefes tem por objetivo desenvolver o sexto sentido, tendo formado mais de 7.300 iniciadas. Ensina a utilizarem ervas, cristais e os quatro elementos. Também aprendem os oráculos, o tarô, as runas e a astrologia.

Quem quer ser bruxa? Uma universidade ensina feitiçaria

De escola esotérica virou universidade.

A procura pelos cursos só aumentou com o passar dos anos. Da escola esotérica inicial, virou uma universidade. Há um pátio usado para rituais a céu aberto. A decoração é um dragão vermelho, um Santo Antônio é uma pirâmide. Um enorme chapéu de bruxa atravessado por uma vassoura em alto-relevo adorna a facha do casarão de dois andares e pintada de lilás.

Quem quer ser bruxa? Uma universidade ensina feitiçaria
Quem quer ser bruxa? Uma universidade ensina feitiçaria

A magia também é um negócio.

A entrada da para o Empório da Bruxa, loja que vende mais de cinco mil itens na linha da bruxaria. A grande maioria das alunas tem curso superior e está entre 35 anos e 65 anos de idade. O slogan da universidade é: "um lugar para pessoas notáveis".
Os cursos são de longa duração. Pelo menos 150 horas para a linha esotérica e 300 para a das terapias. Para concluírem os cursos há necessidade de escrever uma monografia com estudo de caso. Só depois de aprovada a monografia, receberão o certificado de conclusão. A partir desse ponto, poderão se filiar à Associação Brasileira de Terapeutas Holisticos.
Já se foi o tempo em que a máxima "não acredito em bruxarias, mas que elas existem, não há duvidas" (no lo creo em brujerias, pero que las hay, hay) Elas não só "curam" como "ensinam" em universidade. Vai uma poção de amor ao próximo aí?

Campo Grande News - Lista Vip WhatsApp
imagem transparente
Busca

Classificados


Copyright © 2020 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.