ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, QUARTA  20    CAMPO GRANDE 19º

Em Pauta

Síndrome de Estocolmo do empreendedor. Guedes vem aí

Por Mário Sérgio Lorenzetto | 04/10/2021 07:00
Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

A síndrome de Estocolmo se desenvolve quando o sequestrado admira o sequestrador. O sequestrador conquista a simpatia , ou até mesmo a paixão, do sequestrado. Largas parcelas de nossos empreendedores adoram Guedes, aquele que deseja sequestrar seus parcos recursos. A PEC 110/2019 começou a andar no Congresso por determinação do czar da economia nacional.


Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

IVA DUAL.

Ouviram falar em IVA DUAL? Esse é o tiro que o arsenal de Guedes reserva aos pequenos e médios empresários, aqueles que foram às ruas no 7 de setembro saudar a corda que os enforcará. Essa PEC busca uma reforma do consumo ampla através de um IVA - Imposto sobre Valor Agregado, que receberá o novo nome de IBS - Imposto sobre Bens e Serviços. Pouco mais de dois anos após seu protocolo, essa proposta foi alterada para a criação de dois IVAs : CBS e IBS.


Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Simplifica, mas as alíquotas.....

Os argumentos favoráveis à essa reforma são da simplicidade. E, efetivamente, a reforma simplifica um pouco essa maluquice chamada tributos. Mas poucos estão vendo o que acontecerá com as alíquotas. Poderá chegar a 12% vindo do CBS e 26% do IBS, totalizando 38%. Torna obscuro e incerto o dia de amanhã, especialmente para empreendedores e consumidores. É incrível, essa PEC poderá levar o empreendedor a pagar mais de 50% de impostos.


Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Como fica o Simples?

Para o regime do Simples Nacional, promete a isenção nas vendas ou saídas, mas Guedes não explicita como a pequena empresa arcará com uma carga de 38% advinda da operação anterior sem a possibilidade de compensação, ou seja, o imposto pago na aquisição do bem ou serviço, será custo para os empresários pequenos. Guedes espera receber medalhas dos nossos empresários. Merece.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário