A notícia da terra a um clique de você.
 
11/02/2017 07:46

Te amo, minha robô

Mário Sérgio Lorenzetto
Te amo, minha robô

Aiko Chihira é a dona do amor. Ela é um ciborgue. Um androide criado pela Toshiba. É o robô mais realista criado até o momento. Obsessivamente humanoide. Tem o aspecto de uma formosa mulher oriental. É dotada de uma delicada timidez e de uma personalidade gestual claramente subjugada ao humano que interage com ela.

Toshiba não o diz, mas está claro que Aiko Chihira encarnará o robô sexual do futuro. No Japão atual, as bonecas sexuais hiper-realistas são um negócio crescente. Três grandes empresas - Real Doll, Orient Industry e Kanojo Toys - competem por esse mercado.

Ante o avanço brutal da robótica, renomados terapeutas começaram a admitir o emprego de robôs sexuais para ajudar os humanos a superar traumas. Será esse o destino de nossa espécie?

Te amo, minha robô
Te amo, minha robô

Metade vinil, metade CD. Empresa francesa lança novo formato.

A empresa francesa MPO lançou um vinil que é, simultaneamente, CD. O novo produto é, de um lado, vinil, para audição analógica, e, do outro, CD, para uma experiência digital, segundo a informação disponibilizada no site da empresa. O nome do novo produto é "Compact Vinil".

A onda do vinil retornou forte. Na Inglaterra foram 3,2 milhões de discos vendidos no ano passado, representando um aumento de 50% face ao ano anterior. Não era esperado, mas a aposta das grandes empresas passou a ser o vinil. Mais que os formatos digitais. O crescimento não é só na Grã Bretanha, é universal. No Brasil já foram abertas três fábricas de vinil no ano passado - uma em São Paulo, outra no Rio de Janeiro e a terceira em Brasília. O Compact Vinil ainda não aterrissou no Brasil.

Te amo, minha robô

Fundo chinês financia projeto de energia solar no Brasil.

O fundo chinês de 1 bilhão de dólares destinado a investimentos nos países de língua portuguesa, aprovou o financiamento para um projeto de energia solar no Brasil. O anúncio foi feito na semana passada em Macau. O projeto atingirá uma capacidade de 200 megawatts e serão investidos US$200 milhões em território brasileiro, que pretende, posteriormente, "injetar mais dinheiro no Brasil". Há, ainda, meia dúzia de outros projetos em fase final de análise.



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.