ACOMPANHE-NOS    
JULHO, QUINTA  29    CAMPO GRANDE 10º

Em Pauta

Um mês de vacinação. Um mês de anarquia

Por Mário Sérgio Lorenzetto | 18/02/2021 07:00
Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

A decadência é gritante. O Brasil tinha uma das melhores organizações para vacinar seus habitantes, restou a mediocridade, o desmazelo. O país que já vacinou em três meses 100 milhões de pessoas contra o H1N1, em 2010, imunizou pouco mais de 5 milhões de pessoas em um mês de vacinação contra o coronavírus. "A culpa é do Pazuello". Também é, sem a menor sombra de dúvida. Todavia, prefeitos e governadores pouco fizeram para acelerar, de fato e não de conversa fiada, a aplicação das doses. Façam a comparação. Em 2010, vacinamos algo como 33 milhões de pessoas por mês, para decair a tão somente 5 milhões em 2021. A lentidão nos postos de vacinação é exasperante. Longas filas foram formadas.


Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Sobram promessas, faltam vacinas.

Ministro, governadores, prefeitos, secretários de saúde vem prometendo aquilo que sabem que não cumprirão. Não há vacinas disponíveis no mundo. Como sempre, não fizemos o dever de casa. Não houve planejamento para aquisição. Agora é tarde. Só há chances de termos um número considerável de doses entre o fim de março e o início de abril. Só há alguma remota possibilidade de avançarmos a imunização para o segundo grupo etário - entre 60 anos a 74 anos daqui um mês e meio a dois meses. Veja a realidade da distribuição das possíveis chegadas de doses e das promessas:


Campo Grande News - Conteúdo de Verdade




Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Fura-filas e doses de vento. A culpa é da Geni!

Veterinário, professor de pilates, personal training, amiguinhos de prefeitos e de secretários, alunos de cursos variados, cabeleireiras, maquiadoras...... a lista de fura-filas cresce a cada dia. Mas há algo que chama a atenção: só sabemos da existência desses criminosos pelas redes sociais. Só vieram a público os fura-filas ostentação. Certamente, há milhares desconhecidos, aqueles que tomaram a vacina, antes de idosos e profissionais da saúde, e se calaram. Há piores que fura-filas. Surgiram os enfermeiros que aplicam vacinas de vento, como apelidaram as injeções sem a vacina. São assassinos, colocaram nas ruas idosos que se cuidaram, que não saíram de suas casas. Passam a ser vítimas fáceis do vírus e de enfermeiros criminosos. Interessante ler na imprensa que os casos de fura-filas e de vacinadores de vento passou a ser culpa do Pazuello. Virou Geni-Pazzuello.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário