A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 21 de Setembro de 2018


  • Finanças & Investimentos
  • Finanças & Investimentos

    Emanuel Steffen - www.mayel.com.br


16/08/2013 09:11

Crianças e as Finanças

Emanuel Gutierrez Steffen (*)

Todos nos desde pequenos lidamos com o dinheiro, mas muitas vezes parece que ainda não aprendemos a cuidar dele e poupa-lo. Esse comportamento, se levado para a vida adulta, pode gerar imprevistos e situações que prejudicam sua vida. A educação financeira também deve ser ensinada para crianças, que, a partir dos cinco anos começam a ter noção do valor do dinheiro e sua função como moeda de troca. Mas o que acontece muitas vezes, é que a educação financeira não acompanha a educação básica.

Os pais são referência para os filhos em tudo, e em finanças não poderia ser diferente, pois são impactadas pela maneira como observam seus pais á lidarem com o dinheiro. Uma criança de três anos compreende que existem produtos baratos e caros, mas não consegue diferenciá-los. O processo de aprendizagem do valor (noção) do dinheiro acontece na medida em que ela vai crescendo. A partir dos dez anos, essa compreensão fica mais clara e hábil.

Além de sempre conversar com os seus filhos sobre dinheiro, é importante incentivar o aprendizado de acordo com a idade da criança. Quando elas são pequenas, você pode contar histórias e fábulas, como a “Cigarra e a Formiga”, que mostram de forma simples, a importância de pensar no futuro. Quando a criança iniciar os estudos, por volta dos seis anos, uma dica é dar uma “semanada” para que ela comece a entender a importância de administrar o dinheiro no mês.

Fazer as crianças gostarem de matemática nem sempre é uma tarefa fácil, e para mudar esse cenário, segue uma dica bem interessante e que envolve a família toda.

Se a criança quer um brinquedo que custa R$ 10,00, você pode propor, por exemplo, que ela ajude todos na casa a economizar energia elétrica e que o valor que sobrou, será revertido para algumas das vontades do pequeno. Dessa forma, todos podem interagir e aprender juntos e, no final do mês, o orçamento provavelmente não vai estar estourado.

Então o que achou? Não se esqueça de comentar, enviar dúvidas, sugestões sobre o tema, ou mesmo outros assuntos para abordamos aqui. Até a próxima.

(*) Com informações de portal Febraban


Disclaimer – A informação contida nestes artigos, ou em qualquer outra publicação relacionada com o nome do autor, não constitui orientação direta ou indicação de produtos de investimentos. Antes de começar a operar no SFN - Sistema Financeiro Nacional o leitor deverá aprofundar seus conhecimentos, buscando auxílio de profissionais habilitados para análise de seu perfil específico. Portanto, fica o autor isento de qualquer responsabilidade pelos atos cometidos de terceiros e suas consequências.

(*) Emanuel Gutierrez Steffen – Criador do portal www.manualinvest.com

Tabelamentos, soluções mágicas e a ruína da América Latina
Segundo Albert Einstein, fazer a mesma coisa e esperar um resultado diferente é sinal de loucura. Muitos políticos latino-americanos devem ser loucos...
“Justiça social” e o poder estatal
Se você perguntar a dez progressistas o que significa justiça social, você terá dez respostas diferentes. E é assim porque "justiça social" significa...
Pseudointelectuais X Capitalismo
Por que os intelectuais sistematicamente odeiam o capitalismo? Foi essa pergunta que Bertrand de Jouvenel (1903-1987) fez a si próprio em seu artigo ...
O impacto do blockchain na economia mundial
No ano passado, uma das criptomoedas mais conhecidas dos últimos tempos sofreu uma supervalorização, chegando a ser cotada a quase US$ 20 mil. O boom...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions