A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 15 de Outubro de 2019


  • Ampla Visão
  • Ampla Visão

    com Manoel Afonso


13/09/2019 08:23

A pressa é coisa só dos políticos

Danielle Matos

‘OS INTOCÁVEIS’ “Se somos nós que criamos leis, porque não criá-las em nosso benefício”? É o lema adotado no Senado. Entra Governo sai Governo e nada muda! Custou R$101 mil ao Senado as 4 semanas que o suplente de senador Siqueira Campos (DEM-TO) ficou no cargo e foi homenageado por ter criado o Estado de Tocantins. Deputado em 5 legislaturas também leva R$19,8 mil da Previdência vitalícia do Senado, que atende 191 ex-senadores e cônjuges com direito a reembolso em hospitais como Albert Einsten e Sírio Libanês.O Senado poderia ter dado exemplo na reforma da previdência e cortado na própria carne. Seria sonhar alto demais. (acorda Manoel!!!)

‘EXEMPLAR’ A ‘garra’ pelo poder e a sede com que os iniciantes nos legislativos municipais ‘vão ao pote’ são reflexos negativos do que se passa no Congresso. Menos vontade de servir e mais de usufruir. Eles também sonham em chegar lá! “Por que não”? – diria qualquer um deles - ressaltando os seus ‘talentos’ pessoais. A título de ilustração: os R$19,8 mil que Siqueira Campos e tantos outros ex-deputados federais recebem da Previdência deles é quase 3 vezes e meia o teto do INSS. Pena que o eleitor no final da fila social não tenha acesso aos dados ‘pornográficos’ da gestão pública.

‘PORNOGRAFIA’ Vez ou outra notícias escapam ao controle corporativista, como ocorreu há pouco sobre os ganhos mensais daquele Procurador de Justiça de Minas Gerais. Coitadinho dele! Mas esse caso é apenas uma pontinha do iceberg gigante e horroroso que existe em todos os níveis dos 3 poderes do país. Aliás, foi graças a uma delação premiada que ficamos sabendo que o ex-vice governador Pezão (RJ) recebia (pasmem!) 13º salário, mesada e bônus das empreiteiras corruptoras. Enfim, há um submundo – juridicamente perfeito – mas moralmente podre nos poderes. A lama ( inclusive a ‘asfáltica’) tomou conta literalmente da gestão pública.

‘ANGELUS’ Há no ar um movimento para beneficiar o ex-deputado federal Eduardo Cunha (MDB) aproveitando-se a campanha contra a Lava Jato. Seu mensageiro e amigo Carlos Marum (MDB) com assento no Conselho Administrativo da Itaipu Binacional já vem abordando o assunto. Há de se reconhecer a postura fiel de Marum ao ex-presidente Michel Temer (MDB) e ao ex-deputado Eduardo Cunha preso. Faz parte da política. Mas as notícias decorrentes das gravações do pessoal da Lava Jato, não influenciam no mérito das acusações comprovadas contra Cunha. A opinião pública não avaliza a pretensão de canonizá-lo ou minimamente de vitimá-lo. Menos please!

DESCONFIADOS Papo agradável com um vereador de Bodoquena na Assembleia Legislativa. O cenário igual das centenas das cidades interioranas: sem infraestrutura e pouco a oferecer. Muita gente saindo em busca de oportunidades. A internet mudou hábitos e a cabeça das pessoas. Difícil encontrar alguém sem um celular. Na política admitiu: a juventude em desacordo com o pensamento das lideranças tradicionais da cidade. O salário líquido de um vereador é de R$3.500,00, muito superior ao ganho dos trabalhadores das industriais locais de calcário e da fábrica de cimento. As comparações alimentam o debate nas redes sociais. Surpresas eleitorais continuarão acontecendo.

AMÉM JESU$ A cada dia a gente se convence de que é preciso vigiar melhor as entidades filantrópicas no Brasil. Aliás, o tema é objeto de debates na PEC Paralela da Reforma da Previdência no Senado, onde está prevista a extinção dos benefícios da isenção tributária. Segundo números da Receita Federal temos hoje 48.379 igrejas com CNPJ devidamente cadastrados naquele órgão. Outras 32.654 ‘igrejas’ tiveram atividades suspensas ou foram consideradas inaptas por motivos diversos. Dessa forma elas gozam de isenção de impostos e tributos. Quanto ao final é previsível; pois a bancada evangélica é forte no Planalto. O jogo é bruto! O país não é sério!

A OBSESSÃO: “...Sofremos demais pelo pouco que nos falta e alegramo-nos pouco pelo muito que temos... hoje só queremos saber do “melhor”...A casa que é pequena, mas nos acolhe...A TV que está velha, mas nunca deu defeito...O ideal é ter o top de linha... nos faz sentir importantes...E o que era melhor, de repente, nos parece superado ...Novas marcas surgem...Quando só queremos o melhor, é que passamos a viver inquietos, numa espécie de insatisfação permanente...Não desfrutamos do que temos ou conquistamos, porque estamos de olho no que falta conquistar...Será que a gente precisa mesmo de mais do que isso?” ( do texto “A obsessão pelo melhor; de Leila Ferreira)

A POLÍTICA é interessante, cruel, irônica e às vezes de fácil entendimento. Nesta semana na Assembleia Legislativa fui questionado sobre as chances da ministra Tereza Cristina numa eventual candidatura ao Governo do Estado. Respondi: Ela é excelente no cargo, suas ações limitadas e não rendem politicamente. Embora de família política, não capitalizou prestígio para alçar esse voo. Seu grupo político ainda incipiente e até dividido. O partido tem a imagem de elitista – presa ao estigma que perseguiu o extinto Partido da Frente Liberal (PFL). Ela é sabida e experiente para reconhecer o cenário, tendências e o peso da concorrência. Vai bem – deve ficar onde está com carta branca.

SÓ AGORA? Os advogados- seres estranhos. Lutam por direitos de outras classes mas ignoram as suas próprias causas. É a questão da discriminação contra o advogado nas audiências, onde ele não recebe o mesmo tratamento do Juiz ( e nem o cafezinho) dispensado ao Promotor de Justiça. Coube ao senador Nelsinho Trad (PSD) relatar favoravelmente o projeto do deputado federal Carlos Bezerra (MDB-MT) prevendo normas sobre a posição topográfica dos advogados nas audiências. Aprovado, vai alterar o artigo 6º da Lei 8.906 ( Estatuto da Advocacia, de 1994) e o advogado ficará no mesmo plano topográfico do Juiz de Direito e do Ministério Público. Todos iguais.

CORREÇÃO: Na edição anterior dissemos que o ex-deputado Edson Giroto (PR) fora considerado culpado na Ação Indenizatória promovida pelo ex-deputado Semy Ferraz (PT) decorrente do episódio “Operação Vintém” da Polícia Federal e que poderia figurar no polo passivo em futura execução da ‘Indenizatória’. Não procede a notícia publicada, pois os acusados André Puccinelli Junior, Edmilson Rosa, Edson Giroto e Michel Jafar – após 10 anos dos fatos - foram absolvidos por falta de provas. Os CDs juntados ao processo com diálogos entre acusados - essenciais ao caso - simplesmente ‘desapareceram’ dos autos no cartório da Justiça Federal. ‘Mistérios da meia noite’.

ESTRATÉGIA O deputado federal Loester Truts (PSL) e o empresário da capital Ciro Fidelis aparecem no vídeo na internet oferecendo R$100 mil de recompensa a quem oferecer informações que levem a eventuais mandantes da tentativa de homicídio praticada por Adélio Bispo contra o então candidato Jair Bolsonaro (PSL). Eles questionam: como Adélio era titular de cartão de crédito internacional? Como possuía 4 aparelhos celulares? Como arcou com gastos em viagens seguindo os filhos do atual presidente? O deputado Truts lembra que a Polícia Federal pediu 90 dias para concluir as investigações e ele quer ter novidades neste prazo. Tudo é possível.

VARREDURA Para os cientistas políticos os fenômenos eleitorais devem continuar ancorados na crescente influência das mídias digitais que fazem abordagem livre dos fatos e personagens do cenário político. Os cientistas entendem que o eleitor está mais exigente, de mero expectador virou protagonista ao se descolar das tradicionais fontes informativas. Apesar das promessas de se combater o ‘fake news’ a tendência é que a morosidade da justiça perca a batalha para esse exercito invisível, mas eficiente. As eleições não serão mais as mesmas! Boca de urna, santinhos, promessas, barganhas e ‘outras praticas’ decididamente não influenciarão mais na escolha pelo eleitor.

PARTIDOS Os maiores deles terão dinheiro oficial para gastar. Mas alguns deles terão dificuldades de repetir o poder de influência como em outros tempos. O MDB é um exemplo; em outros tempos mandou no país explorando a figura do dr. Ulysses Guimarães no combate ao regime militar. Mas depois para sobreviver juntou-se ao PT fazendo estragos irreparáveis à nação. Perdeu-se o discurso da dignidade patriótica e caiu na vala da corrupção com prisões e escândalos envolvendo suas lideranças em todos os níveis. O estigma está gravado no imaginário popular e tentar desmistificá-lo as vésperas das eleições será ruim, perigoso. Valerá a tese “rouba - mas faz”?

LEI KANDIR Vigora desde O1/11/1996. Entenda: Isenta do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) os produtos primários exportados. A União previu recursos para compensar os Estados das perdas até 2002. Mas a partir de 2004 os repasses viraram brigas entre Estados e União. Em 2016 o STF deu ao Congresso o prazo de 1 ano para fixar critérios da compensação. Mas a novela continuou e a União posterga pagamentos e a solução. Hoje nosso Estado é credor de R$ 13 bilhões junto a União e agora os Estados se uniram através de seus presidentes de Assembleias Legislativas na busca da solução - que ainda é uma incógnita. Iniciativa válida.

‘PADRINHOS’ Alguns personagens sem mandatos planejam atuar indiretamente nas eleições de 2020. Dois exemplos: do ex-senador Delcídio do Amaral (PTB) e do ex-governador André Puccinelli (MDB). Ambos sabedores de riscos que correm pelos desgastes que sofreram em episódios do conhecimento público. Evidente que já fizeram a leitura do novo cenário influenciado por vários fatores. Posto isso - a tendência é que atuem como articuladores de candidaturas. Um amigo atento na Assembleia Legislativa já vaticinou: “ a presença deles e de outros veteranos pode fortalecer o discurso moralista do PSL do presidente Bolsonaro na capital e em algumas cidades do interior.

RÁPIDAS

Deputado Antônio Vaz ( PRTB) Presidiu a sessão da Assembleia Legislativa no dia 11; Presidente da Comissão de Saúde requereu ao Governo Estadual destinação de Aparelho Raio X para Nova A. do Sul e de ressonância magnética para Corumbá.

Deputado Paulo Correia (PSDB) Foi a Brasília liderar comitiva de presidentes de Assembleias Legislativas na tratativa da Lei Khandir e manifestou apoio a PEC Paralela da Previdência dos Estados e Municípios. Voltou animado com as perspectivas.

Deputado Evander Vendramini (PP) Quer a inclusão de 24 de Outubro ( Dia da Padroeira) em Ladário no calendário oficial de eventos; felicitou a empresa Granel Química de Ladário; pediu melhor atendimento da empresa Canarinho em Ladário.

Deputado Lucas de Lima ( Podemos) Publicada lei ‘Dezembro Verde’ de sua autoria sobre a proteção aos animais abandonados nas vias públicas; presente a sessão solene que homenageou bombeiros com a medalha Jair da Crruz Abreu Holsbach.

Deputado Marçal Filho (PSDB) Quer a identificação do portador autista na carteira de identidade; manifestou-se contra a superlotação do UPA de Douradoss; quer a criação da Comenda Professora Maria E. de Lima Pedra homenageando os mestres do ensino.

Município de Inocência (MS) receberá de volta do Tribunal de Contas do Estado cerca de R$156.000,00 de acordo com decisão unânime da corte presidida pelo Conselheiro Iran das Neves.
Deputado Jamilson Name (PDT) Recebeu no gabinete lideres comunitários; o vereador Marquinhos Lino (Bela Vista); pediram recuperação da MS 384 (Bela vista – Antônio João) entregando ofícios ao diretor da Agesul e ao Secretário de Infra estrutura.

Sergio Longen, presidente da FIEMS, manifestou ao colunista a preocupação do setor produtivo com as notícias da volta do imposto do cheque. O empresário tem uma visão positiva da recuperação econômica, mas acha que a sociedade está no limite.

Deputado Neno Razuk (PTB) Pediu construção de passarelas na rodovia 267 em Bataguassu e em Anaurilândia perto do Terminal Rodoviário e sinalização na BR 163/Km 327 ( Rio Brilhante); restauração da pista de caminhada na Av. Afonso Pena.

Deputado Marcio Fernandes (MDB) Planeja o itinerário inicial da clínica veterinária móvel para castrar cães e gatos nas cidades do interior para a solução deste problema de saúde que aflige a população. O ‘castramóvel’ já é sucesso em Curitiba (PR).

Deputado José C. Barbosa (DEM) Recebeu lideranças do interior; visitou órgãos públicos; reiterou pedido para agilização no projeto habitacional nos bairros Ibiza e Ouro Fino em Dourados através da contrapartida do Governo Estadual.

Deputado Gerson Claro (PP) Quer titularizar os assentados de projetos fundiários no Estado: pede a MS gás a implantação do ramal para Sidrolândia; requer estudos para implantação do contorno rodoviário na BR 060, entre os kms 422/432 (Sidrolândia).

Deputado Capitão Contar (PSL) Autor de proposição contra a exposição precoce e erotização infantil em eventos culturais; recebeu moradores pedindo mais segurança em face do aumento da criminalidade na região; comemora o sucesso da Semana da Pátria.

Deputado João H. Catan (PR) Manifestou sobre vários projetos na Comissão de Constituição e Justiça; usou da tribuna para abordagens de assuntos diversos; visitou secretárias e órgãos públicos acompanhando vereadores e lideranças do interior.

Deputado Lídio Lopes ( Patriotas) Sempre envolvido nas questões sociais da capital e interior; visitou entidades de bairros periféricos de Campo Grande; ouviu os reclamos; recebeu no gabinete prefeitos e vereadores; participou das sessões da Casa.

Cabo Eleitoral & Conselheiro Tutelar
PREFEITOS Gosto de conversar com eles. São iguais no relato dos percalços que enfrentam em 2 pontos: a falta de dinheiro e a dificuldade de atender a...
Democracia proporciona sonhos e pesadelos
POLÍTICA & POLÍCIA Operação policial lembra campanha eleitoral; sabe-se como começa, mas não se sabe como termina. O recente episódio com prisões e o...
Defendem a natureza, moram na cidade
‘FORTES EMOÇÕES’ Fundada em 1892 Aquidauana promete eleições municipais interessantes. O deputado Felipe Orro (PSDB) confirmando ao cronista a candid...
Políticos ou eleitores? Quem mudará?
FRANCAMENTE... Até aqui ‘empate técnico’ entre o pessoal do PT e MDB investigado, denunciado, condenado e preso por corrupção, principalmente na labo...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions