ACOMPANHE-NOS    
JULHO, TERÇA  27    CAMPO GRANDE 16º

Manoel Afonso

Mandetta foge do anonimato e do consultório

Por Manoel Afonso | 02/07/2021 07:43

UNANIMIDADE: As últimas ações do governo estadual elogiadas não só pela classe política, independentemente de partidos, bem como pela população. Em tempos de sufoco financeiro o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) antecipa 50% do 13º salário do funcionalismo, socorre setores atingidos e cria o ‘cartão alimentação’ para até 100 mil famílias carentes.

MILHÕE$: Positiva também a avaliação das entidades de classes sobre esse pacote de medidas  beneficiando vários segmentos do comércio e profissionais  atuantes e os  dependentes. São R$763 milhões, decisivos na retomada da economia local, além do Governo também diminuir sensivelmente a carga tributária até dezembro de 2022.

OUTRA FACE:  Evidente, a gestão pública não se resume a investimentos em obras físicas que tem maior visibilidade. O lado social deve ser visto com o mesmo olhar, mesmo porque politicamente é um item de peso num cenário de tantos contrastes sociais que motivam debates. Portanto, o Governador fez gol de placa com esse pacote que fará eco em 2022.

NA FOTO:  Tiro o chapéu para o ex-ministro Luiz H. Mandetta (DEM) em aproveitar as ocasiões para fazer sua inserção  midiática no contexto político. Articulado, boa imagem, joga suas fichas no cassino sucessório esperando ‘bamburrar’.  Mas em termos locais tem a concorrência familiar. Não quer voltar ao consultório e ao anonimato.

AH! O PODER!  Obras e obras escritas sobre ele. Seduz, embriaga  Naturalmente que Mandetta não foge a regra. Tem esse direito inalienável. Brasília, apesar do ar seco, da cidade sem alma, distante do Brasil, abriga todos os componentes do poder que atraem.

DEPUTADOS & AÇÕES: Paulo Corrêa (PSDB); avocou a articulação para aprovar o pacote econômico/social do Governo;  Zé Teixeira (DEM): aprovado seu projeto do ‘Dezembro Vermelho’ , campanha contra Aids e HIV. Evander Vendramini (PP): Elogia o projeto do Governo de retomada econômica; reforça pedido por apoio do governo às entidades carnavalescas; Lucas de Lima (SOL):  arrecadou 2 toneladas de alimentos em live em Bonito, doadas às famílias carentes; tem projeto regulamentando a carga/descarga de motos em locais públicos e o projeto’ Cultura Cidadã’. Marçal Filho (PSDB): aprovado em 1ª. discussão seu projeto de  prevenção ao câncer infanto-juvenil; tem projeto contra crime de perseguição na internet.

INCOMODA:  Em 2018 a abstenção bateu em 21,48% no 2º turno. Bolsonaro obteve 39,2% dos 55,2% dos votos válidos. Foram mais de 31 milhões de eleitores, mais os brancos e nulos totalizando 42 milhões e 720 mil brasileiros que recusaram votar nos 2 postulantes. Simples recusa por motivos diversos ou alienação por falhas elementares na escolha da tecla?

A PROPÓSITO:  O consultor Antônio Lavareda alerta há tempos a mídia para não se ater apenas aos números das pesquisas nas suas análises ou conclusões destacadas. Para o abalizado profissional existem outros fatores a ser levados em conta. O histórico do comportamento dos eleitores é um deles. Ele sugere esmiuçar, devassar as pesquisas  sobre a tal margem de erro.

ALERTA: As redes sociais são fortes, mas a TV. e o rádio são imprescindíveis segundo Lavareda. Em 2018 Bolsonaro só tinha 7 segundos, mas ficou exposto por muito tempo  na mídia por conta da ‘facada’, superando os outros candidatos juntos.  Essa exposição na mídia sensibilizou o eleitor gerando o sentimento de solidariedade e pena. Então, não foram só 7 segundos.

A MORDIDA:  Em qualquer governo a alíquota do Imposto de Renda é imexível. Não se iluda com o anúncio do fim do desconto simplificado do ganho superior a R$40 anual. O Governo dá com uma mão e toma com a outra. A arrecadação aumentará em 10 bilhões em 2022 com o imposto (lucro presumido) das empresas, de 34% para 49%. As classes mais impactadas serão as classes B e C .Os ricos (coitados!) serão poupados.

AÇÕES & DEPUTADOS:  Amarildo Cruz (PT): pede inclusão da feira livre no rol das atividades essenciais; quer incluir  pescadores no rol dos beneficiados pelo auxílio emergencial.  Neno Razuk (PTB): quer a inclusão dos instrutores de trânsito como prioritários da vacina Covid; pede auxilio emergencial ao pessoal do transporte escolar; incluiu os bancários da capital como prioritários da vacina anti Covid.  Antônio Vaz (Rep):  Quer campanha de conscientização da epilepsia no mês de ‘Março Toxo’; pede à Energisa instalação de transformador no Assentamento Agriverde,  Lídio Lopes (Patri): voto de pesar pelo falecimento de José Anselmo dos Santos, ex-presidente do TCE-MS; João Henrique  (PL), defende a 3ª. dose da vacina anti Covid; pede o reconhecimento do animal de estimação como sujeito de direito.

FRANCAMENTE… Exceto os registros na mídia, a saída de Sergio Murillo da equipe de Governo não deve ser notada e nem trará perdas de ordem técnica. No campo da política penso que o sucesso do projeto da sigla  para 2022 dependeria mais do prestígio pessoal do(a) postulante do que da capacidade operacional de Sergio Murilo ( ainda verdinho) nos bastidores.

PROJETO:  É voz corrente que na janela de 2022 a sigla receberá a deputada Rose Modesto e o deputado Rinaldo Modesto, ambos do PSDB, com o objetivo de vitaminar o partido e instrumentá-lo para disputar a sucessão estadual. Mas como eleição é igual casamento (começa no altar e termina não sei onde) vamos acompanhar a interessante manobra política.

RISCOS: Partido novo lembra moça nova que aceita a primeira proposta de casamento e se da mal. O Podemos, já é ‘paquerado’ por velhas lideranças para troca de apoio por cargos no governo.  Se aceitar, o partido pode perder a imagem de diferente e colocar tudo a perder. E fica a pergunta: o Podemos caminhará até onde e quando sem se misturar? Tem bala na agulha?

‘FATOR KASSAB’:  Nas entrevistas do ex-prefeito paulistano fica claro que o PSD disputará as eleições em Mato Grosso do Sul. O nome é de Nelsinho Trad com mandato de senador no início. Se o PSD apoiar Lula, Zeca do PT retribuiria apoiando Nelsinho. O PSD é forte: 9 senadores, 10 deputados federais e 8 prefeitos de capitais. Portanto…

DEPUTADOS & AÇÕES:  Gerson Claro (PP); é seu o projeto outorgando título de cidadania ao prefeito Cleverson Santos, de Costa Rica; comemora doação de área para a estação do gasoduto de Sidrolândia.  Capitão Contar (PSL): projeto assegura direitos às crianças/adolescentes filhos de vítimas de feminicidio; lembra que seu projeto de 2020  já previa benefícios contidos no projeto recente do Governo. José C. Barbosa (DEM): pede revisão da extinção da Vara da Infância em Dourados; requer a venda ou doação de armas apreendidas aos policiais; reposição salarial as forças de segurança.  Mara Caseiro (PSDB); promoveu audiência sobre a podologia; pede ações para incentivar o turismo em Rio Verde de MT; pede ciclovia na MS-384 entre Caracol e o frigorífico.  Pedro Kemp (PT): lamenta episódio de compra de vacinas; elogia o pacote   econômico/social do Governo; pede fiscalização contra desmatamento em Bonito.

INEXPLICÁVEL: Figura de proa dos Governos Lula e Dilma, Gilberto de Carvalho falou à ‘Veja’ sobre a corrupção detectada na Lava Jato e culpou  políticos do Centrão ligados a Bolsonaro. Mas não abriu o armário dos ‘esqueletos’. Um deles é do ex-ministro  Antonio Palocci (PT) ( o italiano)  que devolveu R$ 100 milhões roubados.

SÊNECA: (Sobre a brevidade da vida) “ Não é curto o tempo que temos, mas dele muito perdemos. A vida é suficientemente longa e com generosidade nos foi dada, para a realização das maiores coisas, se a empregamos bem. Mas, quando ela se esvai no luxo e na indiferença, quando não a empregamos em nada de bom, então, finalmente constrangidos pela fatalidade, sentimos que ela passou por nós sem que tivéssemos percebido”.

FINALIZANDO:  “O fato é o seguinte – não recebemos uma vida breve, mas a fazemos, nem somos dela carentes, mas esbanjadores. Tal como abundantes e régios recursos, quando caem nas mãos de um mau senhor, dissipam-se num momento, enquanto que, por pequenos que sejam, se são confiados a um bom guarda, crescem pelo uso, assim também nossa vida  se estende por muito tempo para aquele que  sabe dela bem dispor”.

BELA CONFISSÃO: “Queria ganhar dinheiro para salvar e ajudar minha família. Eu não queria ser famosa. O que eu queria como pessoa era não me perder de mim. Não vale a pena ganhar o amor de todo mundo e se perder. Você vai ser amado, mas não vai se amar. Se fosse para se perder, eu preferia sair e viver a minha vida, que só não tinha dinheiro, mas tinha todo o resto”. ( Juliette Freire –campeã do Big Brother Brasil 21)

PILULAS DIGITAIS:

No comunismo você também pode dizer o que pensa. Mas só uma vez. (Max Nunes)

No mundo inteiro a Justiça é cega, aqui ela faz de conta que não enxerga. (Carlos Castelo)

Quanto mais você sonha, mais trabalho vai ter para realizar. (Carlos Malmman)

A saudade é bolso onde a alma guarda aquilo que perdeu. (Rubem Alves)

Os irmãos Miranda já estão sendo chamados de ‘Irmãos Coragem”.

Falando sério: você sabe quem você é? (Sigmund Freud)

O progresso pode até ter sido benéfico, mas agora já foi longe demais. (Ogden Nash)

A consciência é aquela voz interna que nos adverte de que alguém pode estar olhando. ( H.L. Mencken)

Por trás de todo filho socialista há um pai capitalista trabalhando duro para sustentá-lo. ( Albert Einstein )

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário