ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, QUINTA  30    CAMPO GRANDE 25º

Conteúdo Patrocinado

Beef Week segue até dia 31 com muita carne suculenta e sabores exclusivos

Festival em 26 restaurantes tem pratos a partir de R$ 26,00 em Campo Grande, Bonito, Dourados e Três Lagoas

Post Patrocinado | 24/07/2018 06:10
Festival explora a versatilidade da carne bovina, em diferentes cortes. (Foto: Fernando Antunes)
Festival explora a versatilidade da carne bovina, em diferentes cortes. (Foto: Fernando Antunes)

A carne suculenta é o prato principal até 31 de julho em 26 endereços de Campo Grande, Bonito, Dourados e Três Lagoas. O festival Beef Week se instala em restaurantes, bares, pizzaria, doceria e até casa noturna, com cardápio exclusivo, feito da criatividade dos chefs que exploram vários cortes e garantem experiências gastronômicas no almoço e no jantar, por valores super acessíveis, a partir de R$ 26,00.

Das hamburguerias aos locais de cozinha internacional, o desafio é aproveitar a versatilidade da carne bovina para inovar, valorizar produtos regionais e servir pratos com bons preços. Assim, até os restaurantes mais sofisticados conquistam clientes que acreditavam ser impossível experimentar um cardápio requintado. "Por isso, o festival movimenta a noite em dias como terças e quartas, normalmente sem muito movimento", comemora Juliano Wertheimer, presidente da Abrasel/MS, responsável pelo evento.

O Meat's House funciona há apenas 3 meses e já entrou no festival para mostrar a que veio. "Festivais da Abrasel são uma grande vitrine, o que é fundamental para quem acabou de abrir as portas na cidade", justifica o chef Rodrigo Carvalho, também proprietário do lugar.

Especializado em cortes importados e no puro Angus uruguaio, o restaurante na Chácara Cachoeira criou para o Beef Week o "T-bone Meat’s", com 400 gramas de carne, arroz Meat’s e salada com alface americana, tomate seco, rúcula, parmesão e bacon. Por R$ 85,00, o prato serve 2 pessoas. "Escolhi o T-bone porque, além de saboroso e macio, é perfeito na hora da apresentação", comenta.

Chef Rodrigo Carvalho mostra prato do Meat's House.
Chef Rodrigo Carvalho mostra prato do Meat's House.

Restaurantes tradicionais também participam e com novidades. Como o festival é momento de ousar, de fazer experimentações, de trabalhar como em um laboratório de sabores, os chefs podem inventar sem compromisso com o cardápio clássico

Nos Altos da Avenida Afonso Pena, o Vermelho Grill é um dos endereços mais elogiados pela qualidade do que leva à mesa. Mas a tradição faz com que o cardápio permaneça praticamente intocado. O Beef Week é a oportunidade de apresentar outras possibilidades, diz a chef Nathália Garabini. Por isso, neste mês de festival, a casa serve o Porterhouse, corte que abrange partes do filé mignon, contrafilé e bombom da alcatra.

"É uma carne alta, rosada, linda. Agora, oferecendo essa opção ao cliente, podemos avaliar a aceitação e ganhar força para adicionar ao menu da casa", diz Nathália. Para acompanhar, o palmito pupunha na brasa é o toque regional. Por R$ 80,00, até 3 pessoas experimentam o tempero sem passar vontade.

Nessa onda de criatividade, até os craques em comida japonesa encaram o desafio de inventar. Em Três Lagoas, o restaurante Yaki Niku, por exemplo, participa com o Gyudon, feito com fatias de carne e alho poró, ao molho shoyu, sobre o arroz japonês, a R$ 25,00 a porção individual.

Vermelho Grill serve Porterhouse, corte que abrange partes do filé mignon, contrafilé e bombom da alcatra.
Vermelho Grill serve Porterhouse, corte que abrange partes do filé mignon, contrafilé e bombom da alcatra.

O Beef Week tem picanha, bife ancho e filé mignon, mas também entram no menu ponta de costela e fraldinha, cortes desprestigiados por muito tempo, chamados de "carne de segunda", hoje reverenciados por chefs de fama internacional, como Alex Atala.

Em Bonito, o Pantanal Grill inseriu no menu do festival a "Fraldinha Maturada Selada", com batatas ao murro, arroz e feijão especial da casa. A porção frobusta custa R$ 105,00, mas serve bem até 4 pessoas.

Já a ponta de costela é a estrela do hambúrguer. Em Campo Grande, na 42 Original Burguer o Cheese Dark Salame tem 180 gramas de ponta de costela, salame moído frito e cream cheese. No Safari Burger & Grill, o mesmo corte entra no Burger Brie Week, com 220 gramas de carne fresca, crocante queijo brie empanado, finalizado com geleia de pimenta.

Alex Taveira, representante do Sebrae/MS, um dos parceiros da Abrasel no evento, percebe que além da gastronomia, a economia do Estado também ganha com o Beef Week. "Em 3 anos, os relatos de quem participa são muito parecidos, sempre sobre aumento no fluxo de clientes e faturamento". 

E a oportunidade de aparecer com mídia espontânea e multiplicar os clientes vale até para segmentos que privilegiam a cozinha com mais massas e molhos, e menos carne. Em Dourados, a Universidade da Pizza investiu no estrogonoff de costela como recheio da pizza incrementada com molho, muçarela, champinhons, batata palha, orégano e azeitona, por R$ 39,90.

"Fraldinha Maturada Selada", com batatas ao murro, arroz e feijão especial da casa
"Fraldinha Maturada Selada", com batatas ao murro, arroz e feijão especial da casa

Além das boas refeições, o festival evidencia a qualidade do trabalho de toda a cadeia produtiva da pecuária, um dos motores da economia estadual. "Mato Grosso do Sul hoje é o segundo em rebanho, mas o número 1 em qualidade. Um preparo brilhante, à altura, completa essa cadeia", avalia o presidente da Abrasel.

Nesse processo, até a mão de obra ganha com a realização do festival. Com o apoio do Senac, o lançamento ocorreu no novo restaurante da instituição, na Rua Antônio Maria Coelho, com a participação de alunos do curso de garçom. "É uma excelente oportunidade prática para fomentar a qualidade dos serviços, porque os alunos que estão aqui hoje, logo vão estar no mercado, prontos para atender com excelência", avalia a gerente do Senac Turismo e Gastronomia, Renata Ávalos.

Para saber detalhes do menu, preços e endereços de todos os 26 participantes, clique aqui.

Fatias de carne e alho poró, ao molho shoyu, sobre o arroz japonês.
Fatias de carne e alho poró, ao molho shoyu, sobre o arroz japonês.
Nos siga no Google Notícias