A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 15 de Outubro de 2018

24/07/2018 06:10

Beef Week segue até dia 31 com muita carne suculenta e sabores exclusivos

Festival em 26 restaurantes tem pratos a partir de R$ 26,00 em Campo Grande, Bonito, Dourados e Três Lagoas

Post Patrocinado
Festival explora a versatilidade da carne bovina, em diferentes cortes. (Foto: Fernando Antunes)Festival explora a versatilidade da carne bovina, em diferentes cortes. (Foto: Fernando Antunes)

A carne suculenta é o prato principal até 31 de julho em 26 endereços de Campo Grande, Bonito, Dourados e Três Lagoas. O festival Beef Week se instala em restaurantes, bares, pizzaria, doceria e até casa noturna, com cardápio exclusivo, feito da criatividade dos chefs que exploram vários cortes e garantem experiências gastronômicas no almoço e no jantar, por valores super acessíveis, a partir de R$ 26,00.

Das hamburguerias aos locais de cozinha internacional, o desafio é aproveitar a versatilidade da carne bovina para inovar, valorizar produtos regionais e servir pratos com bons preços. Assim, até os restaurantes mais sofisticados conquistam clientes que acreditavam ser impossível experimentar um cardápio requintado. "Por isso, o festival movimenta a noite em dias como terças e quartas, normalmente sem muito movimento", comemora Juliano Wertheimer, presidente da Abrasel/MS, responsável pelo evento.

O Meat's House funciona há apenas 3 meses e já entrou no festival para mostrar a que veio. "Festivais da Abrasel são uma grande vitrine, o que é fundamental para quem acabou de abrir as portas na cidade", justifica o chef Rodrigo Carvalho, também proprietário do lugar.

Especializado em cortes importados e no puro Angus uruguaio, o restaurante na Chácara Cachoeira criou para o Beef Week o "T-bone Meat’s", com 400 gramas de carne, arroz Meat’s e salada com alface americana, tomate seco, rúcula, parmesão e bacon. Por R$ 85,00, o prato serve 2 pessoas. "Escolhi o T-bone porque, além de saboroso e macio, é perfeito na hora da apresentação", comenta.

Chef Rodrigo Carvalho mostra prato do Meat's House.Chef Rodrigo Carvalho mostra prato do Meat's House.

Restaurantes tradicionais também participam e com novidades. Como o festival é momento de ousar, de fazer experimentações, de trabalhar como em um laboratório de sabores, os chefs podem inventar sem compromisso com o cardápio clássico

Nos Altos da Avenida Afonso Pena, o Vermelho Grill é um dos endereços mais elogiados pela qualidade do que leva à mesa. Mas a tradição faz com que o cardápio permaneça praticamente intocado. O Beef Week é a oportunidade de apresentar outras possibilidades, diz a chef Nathália Garabini. Por isso, neste mês de festival, a casa serve o Porterhouse, corte que abrange partes do filé mignon, contrafilé e bombom da alcatra.

"É uma carne alta, rosada, linda. Agora, oferecendo essa opção ao cliente, podemos avaliar a aceitação e ganhar força para adicionar ao menu da casa", diz Nathália. Para acompanhar, o palmito pupunha na brasa é o toque regional. Por R$ 80,00, até 3 pessoas experimentam o tempero sem passar vontade.

Nessa onda de criatividade, até os craques em comida japonesa encaram o desafio de inventar. Em Três Lagoas, o restaurante Yaki Niku, por exemplo, participa com o Gyudon, feito com fatias de carne e alho poró, ao molho shoyu, sobre o arroz japonês, a R$ 25,00 a porção individual.

Vermelho Grill serve Porterhouse, corte que abrange partes do filé mignon, contrafilé e bombom da alcatra.Vermelho Grill serve Porterhouse, corte que abrange partes do filé mignon, contrafilé e bombom da alcatra.

O Beef Week tem picanha, bife ancho e filé mignon, mas também entram no menu ponta de costela e fraldinha, cortes desprestigiados por muito tempo, chamados de "carne de segunda", hoje reverenciados por chefs de fama internacional, como Alex Atala.

Em Bonito, o Pantanal Grill inseriu no menu do festival a "Fraldinha Maturada Selada", com batatas ao murro, arroz e feijão especial da casa. A porção frobusta custa R$ 105,00, mas serve bem até 4 pessoas.

Já a ponta de costela é a estrela do hambúrguer. Em Campo Grande, na 42 Original Burguer o Cheese Dark Salame tem 180 gramas de ponta de costela, salame moído frito e cream cheese. No Safari Burger & Grill, o mesmo corte entra no Burger Brie Week, com 220 gramas de carne fresca, crocante queijo brie empanado, finalizado com geleia de pimenta.

Alex Taveira, representante do Sebrae/MS, um dos parceiros da Abrasel no evento, percebe que além da gastronomia, a economia do Estado também ganha com o Beef Week. "Em 3 anos, os relatos de quem participa são muito parecidos, sempre sobre aumento no fluxo de clientes e faturamento". 

E a oportunidade de aparecer com mídia espontânea e multiplicar os clientes vale até para segmentos que privilegiam a cozinha com mais massas e molhos, e menos carne. Em Dourados, a Universidade da Pizza investiu no estrogonoff de costela como recheio da pizza incrementada com molho, muçarela, champinhons, batata palha, orégano e azeitona, por R$ 39,90.

Fraldinha Maturada Selada, com batatas ao murro, arroz e feijão especial da casa"Fraldinha Maturada Selada", com batatas ao murro, arroz e feijão especial da casa

Além das boas refeições, o festival evidencia a qualidade do trabalho de toda a cadeia produtiva da pecuária, um dos motores da economia estadual. "Mato Grosso do Sul hoje é o segundo em rebanho, mas o número 1 em qualidade. Um preparo brilhante, à altura, completa essa cadeia", avalia o presidente da Abrasel.

Nesse processo, até a mão de obra ganha com a realização do festival. Com o apoio do Senac, o lançamento ocorreu no novo restaurante da instituição, na Rua Antônio Maria Coelho, com a participação de alunos do curso de garçom. "É uma excelente oportunidade prática para fomentar a qualidade dos serviços, porque os alunos que estão aqui hoje, logo vão estar no mercado, prontos para atender com excelência", avalia a gerente do Senac Turismo e Gastronomia, Renata Ávalos.

Para saber detalhes do menu, preços e endereços de todos os 26 participantes, clique aqui.

Fatias de carne e alho poró, ao molho shoyu, sobre o arroz japonês.Fatias de carne e alho poró, ao molho shoyu, sobre o arroz japonês.
imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.