ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SEXTA  18    CAMPO GRANDE 22º

Conteúdo Patrocinado

É possível desencardir peças de cetim e seda em máquinas e secadoras?

Por Post Patrocinado | 15/09/2020 16:00
(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Roupas de cetim acabam levando a fama de delicadeza e cuidado. Por isso, muitas pessoas acreditam que no momento da lavagem, deve-se ser realizado um procedimento suave e sem agressão. Com medo de rasgar ou causar danos ao tecido, muitos defendem que a melhor forma é lavar à mão.

Mas o problema é que deixar para lavar tudo isso à mão pode causar muitos transtornos. Isso porque a maioria dos indivíduos não possuem tempo para isso. Portanto, muita gente anda preferindo se aliar à tecnologia para conseguir facilitar o processo de lavagem de roupas frágeis feitas de seda e cetim.

A tecnologia sempre ajudando!
Atualmente, é possível encontrar muitas máquinas que possuem em suas aberturas algumas características que possibilitam a lavagem de roupas frágeis. Como exemplo, pode-se citar a linha de lavadoras e secadoras exclusiva de Electrolux. Ela possui propriedades de proteção da vestimenta, mesmo que seja de renda, seda ou cetim.

Outra dica para quem está pensando em lavar seus trajes mais finos em uma máquina de lavar, é usar amaciante e produtos que não manchem. Não adianta de nada ter a melhor lava e seca se não saber como aplicar os conhecimentos que tem!

Por exemplo, os amaciantes servem para tornar a vestimenta mais macia e perfumada. Opte pelo concentrado, já que irá render muito mais e ainda são mais ecológicos por utilizarem menos água e menos plástico em suas embalagens.

Em hipótese alguma utilize cloro e produtos que são usados para faxina e cuidado da casa. Troque sempre por alvejantes sem cloro de qualidade. Este, libera água oxigenada e torna toda a limpeza menos agressiva, não manchando o tecido.

Lavando roupa de cetim e seda
Existem alguns processos cruciais que devemos levar em consideração quando desejamos lavar este tipo de tecido em uma máquina de lavar. Em suma, antes de tudo é importante proteger as peças com alguma fronha de travesseiro. As melhores delas são as que possuem algum fecho e que não correm o risco de abrir. Essa é a dica de ouro para quem não quer gastar com um saquinho de proteção!

Algumas máquinas contam com a opção de seda e lã enquanto outras apenas possuem a opção de roupas suaves. Dessa forma, é importante optar sempre por um dos dois. O lado positivo é que não será necessário separar  as peças por cores como fazemos: o cetim e a seda não soltam tintas e pigmentos.

Feita a lavagem, deve-se pensar em como secar. Logo, existem muitas formas de fazer isso, seja em secadoras ou com toalhas. Muitos usuários destes tecidos argumentam que ao deixar no sol até que seque - por mais que seja rápido - pode-se acabar perdendo alguns corantes especiais. Mas, ao deixar em um varal pela sombra, acreditam que os grampos podem danificar. Então, o que fazer para resolver essa situação?

Secando as roupas e passando
Agora é o momento que vai decidir o resultado final de suas roupas. Se fazer algo errado, poderá causar amassos que marcarão por um bom tempo. Portanto, existem duas opções: uma mais simples e outra que demora muito mais tempo.

A mais simples é ir em busca de alguma tecnologia como touca difusora ou máquina de secar adequada para roupas sensíveis. É bem simples e basta colocar elas lá e fazer a programação. Já na segunda opção, pode-se citar as toalhas que muitas pessoas usam. Por exemplo, deixam o traje entre panos para que sugue a água, como se fosse um processo osmótico. Enfim, ele acaba levando um pouco mais de tempo e trabalho, o que alguns indivíduos não têm.

Feito isso, se deve buscar qual a melhor forma de passar esses tecidos. O mais recomendado é que se use toalhas mais finas entre o ferro e o cetim para que o calor não passe por completo e acabe queimando a peça. Não se esqueça de virar ao contrário, não deixando a parte brilhosa em contato direto.

Dobrando e guardando…

Sua peça de roupa já está seca? Agora é o momento de guardar corretamente. Cuidado para não deixar a peça por muito tempo no cesto esperando para ser dobrada e guardada. Se você for uma pessoa que gosta sempre de passar as roupas antes de sair, dobrar corretamente e guardar pode não ser um problema.

Contudo, a confusão chega quando se passa antes de guardar e não se dobra corretamente. No dia que desejar usar a peça, vai ser um problema bem maior! Portanto, prefira sempre pendurar em cabides e em locais com mais espaço. Se o seu guarda roupa é muito apertado, tente optar por territórios mais desatados.

Todo o processo pode ser bem complicado, já que qualquer coisa feita de maneira incorreta pode causar manchas ou dobras. Consequentemente, coloque em prática essas dicas para se sair bem com as lavagens e não perder dinheiro estragando peças!

Autor: Matheus Bertoluci