ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, DOMINGO  20    CAMPO GRANDE 20º

Leroy Merlin

É possível transformar a casa só trocando o piso e sem dor de cabeça

Muita gente pensa que trocar o piso só dá trabalho e acaba deixando de lado uma paginação que faz total diferença no lar

Por Thailla Torres | 04/08/2020 07:17
Inspire-se nesta sala com laminado. (Foto: Leroy Merlin)
Inspire-se nesta sala com laminado. (Foto: Leroy Merlin)

Paginação diagonal, espinha de peixe, mistura de cores e padrões. Profissionais da arquitetura e design apostam em projetos com diferentes paginações de piso para deixar qualquer ambiente em destaque. O termo que só parece desconhecido por alguns nada mais é do que um planejamento que estabelece como será o desenho do piso de determinado local. Mas acredite: faz total diferença na hora de reformar e essa mudança pode ser feita de um jeito muito mais prático hoje em dia.

Antigamente, a troca de piso era o que deixava qualquer morador de cabelo em pé, pela dificuldade de aplicação, sujeira, excesso de resíduos a serem descartados. Mas a arquiteta campo-grandense Karina Ramai, é uma das defensoras de que a paginação e a troca do piso de qualquer ambiente não precisa ser uma tarefa tão difícil assim e pode transformar a casa antes de qualquer decoração.

O bacana é que a partir da estratégia montada por um profissional, você encontra na Leroy Merlin, por exemplo, diferentes tipos de pisos e acabamentos com fácil instalação ou assentamento. É claro que, para isso, você precisa determinar o tamanho do piso e do espaço, além da quantidade de peças necessárias. Assim é possível criar uma harmonização com seu ambiente e evitar gastos excessivos na obra. “A aplicação do piso quando planejada pode ser uma etapa na obra concluída em pouco tempo”, destaca Karina.

Sala de jantar e estar com porcelanato. (Foto: Leroy Merlin)
Sala de jantar e estar com porcelanato. (Foto: Leroy Merlin)

O que deixa muita gente confuso é a escolha do piso, há uma variedade de materiais, acabamentos, formatos, dimensões e marcas de pisos em oferta disponíveis  na Leroy Merlin e, para fazer a escolha, é preciso considerar fatores fundamentais, explica a arquiteta.

“A primeira coisa a se fazer é o levantamento arquitetônico evitando recortes de piso e definindo para cada ambiente a melhor escolha. Cada ambiente exige um piso diferente, se fizer a escolha certa, haverá menos trabalho na hora da limpeza e o ambiente ficará mais aconchegante e com personalidade do proprietário. A escolha do novo modelo de piso exige pesquisa. Antes de decidir, pense na instalação, dimensão, manutenção e durabilidade do material que vai ser utilizado”, ensina.

Karina tem trabalhado bastante com os pisos vinílicos, uma tendência no universo da arquitetura e de quem desejar dar uma repaginada na casa. “Comecei utilizando a primeira vez em um projeto de uma paginação de pisos feito em apartamento de uma amiga. Ela iria se casar e mudariam para um apê. Como ela queria deixar com a cara mais do casal, eles resolveram fazer uma paginação para dar um ar de aconchego e escolhemos um modelo que também ofereceu maior claridade para o ambiente, além de preço mais acessível”, destaca.

Paginação feita pela arquiteta Karina Ramai em apê de Campo Grande. (Foto: Karina Ramai)
Paginação feita pela arquiteta Karina Ramai em apê de Campo Grande. (Foto: Karina Ramai)
Aqui a escolha de um piso mais amadeirado, resistente a umidade. (Foto: Karina Ramai)
Aqui a escolha de um piso mais amadeirado, resistente a umidade. (Foto: Karina Ramai)

Cada piso desempenha uma tarefa dependendo do cômodo. “Assim como na suíte e home office podemos utilizar o piso vinílico, em ambientes mais arejados podemos utilizar o porcelanato. Já para deixar os ambientes mais quentes podemos utilizar a composição de pisos vinílicos junto com a iluminação no ambiente. Geralmente a temperatura de luz com nível mais baixo de luminância tem como conceito a sofisticação e o aconchego”, sugere.

Karina explica que atualmente, os pisos mais queridinhos os pisos laminados e os tipos vinílicos em manta marrom, com estampa amadeirado, padrões disruptivos, acabamentos foscos, texturizados. “Mas antes de instalar as peças com aparência de madeira, elas precisam ser dispostas no piso e ajustadas para garantir um fluxo natural e uma variação de detalhes. Também é uma boa ideia comprar peças extras para o caso de precisar fazer uma reposição ou reparos.”

Inspiração de quarto com piso vinílico. (Foto: Decor Fácil)
Inspiração de quarto com piso vinílico. (Foto: Decor Fácil)

As diferenças entre pisos – Se você não tiver ajuda de um arquiteto ou designer na hora da reforma, algumas dicas oferecidas na Leroy Merlin são valiosas e salvam aquelas que apostam numa mudança no estilo faça você mesmo.

Pela própria plataforma você encontra detalhadamente as diferenças entre cada tipo de piso. Aqui vamos resumir alguns deles. O porcelanato, por exemplo, é um dos mais utilizados e fabricados com matérias-primas nobres, por isso é considerado sofisticado. Você encontra o porcelanato que imita madeira, ou mesmo, porcelanato que parece mármore.

Tem também o piso cerâmico, mais resistente à água e a manchas, ele pode ser utilizado tanto em ambientes internos quanto externos. Já o piso laminado, por sua vez, é um tipo de piso de madeira muito procurado por ser uma alternativa econômica à madeira natural. Ele permite fácil instalação e deixa o ambiente mais aconchegante.

O queridinho vinílico assemelha-se visualmente ao piso laminado, mas é produzido a partir do PVC. Ele oferece também conforto térmico e acústico e é resistente a manchas. No entanto, é importante ter em mente que ele exige uma superfície nivelada para ser instalado.

Um piso em cada ambiente vale? – É claro que sim. Mas lembre-se que é necessário levar em conta material, revestimento e funções ou uso do ambiente para que o lugar se torne visualmente confortável.

O piso para banheiro, por exemplo, precisa ser resistente à umidade e, dependendo de quem for usar o cômodo, é interessante optar por versões que evitem escorregões e quedas.  O mesmo cuidado é preciso ter com os pisos para cozinha que, além de serem resistentes à água, devem ser fáceis de limpar, já que o ambiente está constantemente em contato com gordura. Em quartos e salas, os pisos de madeira são muito recomendados, porque são áreas onde geralmente são buscados conforto e aconchego.

Já em ambientes externos, são indicados pisos cerâmicos e porcelanatos com proteção antiderrapante, além de pisos intertravados e drenantes, que permitem o escoamento da água.

Todos esses materiais e dicas você também encontra na Leroy Merlin, onde há opções de pisos para banheiros, cozinhas, quartos, calçadas, ambientes comerciais, quintais e piscinas.

Tem alguma sugestão de arquitetura bacana? Mande para o Lado B no Facebook, Instagram, e-mail: ladob@news.com.br ou pelo nosso WhatsApp  (67) 99669-9563.