ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SEXTA  10    CAMPO GRANDE 23º

Conteúdo Patrocinado

Tire suas dúvidas sobre queda de cabelo, calvície e transplante capilar

Por Post Patrocinado | 03/06/2020 07:00
(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Realizar um transplante capilar é mais fácil e acessível do que parece. Com as recentes mudanças no panorama de viagens e o preço do dólar, pacientes que cogitavam ir à Turquia para fazer o transplante capilar estão trocando o destino por clínicas brasileiras.

Referência no assunto, a Clínica Sanabria, dirigida pelo médico dermatologista Baltazar Sanabria, oferece tratamentos que são os mais avançados para a calvície.

Sanabria, inclusive, foi palestrante no maior evento de transplante capilar da América Latina, o Workshop Latino Americano de FUE ((sigla em inglês para Follicular Unit Extraction, Extração de unidade folicular).

Baltazar Sanabria é médico dermatologista com especialização em doenças do cabelo (Foto: Divulgação)
Baltazar Sanabria é médico dermatologista com especialização em doenças do cabelo (Foto: Divulgação)

“O transplante capilar é uma cirurgia minimamente invasiva, graças à técnica FUE o paciente fica por poucas horas na clínica e volta para casa no mesmo dia”, explica o médico.

Sanabria, que é formado na UFGD, com especialização em doenças do cabelo pelo Hospital dos Servidores de São Paulo e em cirurgia de restauração capilar na Ginzburg’s Clinic em Israel, também é professor na residência de dermatologia da UFMS. “A literatura médica aponta que até 80% dos homens vão enfrentar algum tipo de calvície durante a vida. E até 50% das mulheres podem passar por isso”, revela.

De acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde), a calvície atinge metade dos homens com até 50 anos.

O processo é progressivo, podendo durar anos. Na busca por reverter essa situação, algumas pessoas usam de métodos controversos, com resultados pouco satisfatórios, e até mesmo viagens ao outro lado do mundo.

“As novas técnicas de FUE, com resultados satisfatórios e ausência de cicatriz aparente, estão disponíveis em nossa clínica”, explica.

A Clínica Sanabria foi destaque em reportagens nacionais citando que os brasileiros estão, desde o começo do ano, trocando a Turquia por clínicas brasileiras de transplante capilar, com depoimentos de pacientes que preferiram fazer o tratamento com a técnica FUE na Clínica Sanabria.

Clínica Sanabria oferece diversos tratamentos para doenças do cabelo (Foto: Divulgação)
Clínica Sanabria oferece diversos tratamentos para doenças do cabelo (Foto: Divulgação)

“Nosso trabalho passa por ações de orientações, inclusive por conta da pandemia, fazemos consultas por telemedicina (videochamada). Contudo, os pacientes são orientados a vir até à clínica, que segue todos protocolos de segurança sanitária. Com isso, podem decidir melhor pelo transplante capilar”, ressalta Baltazar Sanabria.

As informações acessíveis, o dólar e o coronavírus mudaram o cenário do transplante capilar, acredita o médico.

"Foi divulgado, por vários anos, que seria mais vantajoso viajar para Turquia para fazer transplante capilar. Porém, a segurança do pós-operatório oferecida aqui não tem valor. Com a questão do coronavírus, existe também a exposição em grandes aeroportos e hotéis", comenta.

Avaliação feita nos fios de cabelo com tecnologia alemã (Foto: Divulgação)
Avaliação feita nos fios de cabelo com tecnologia alemã (Foto: Divulgação)

Como é o transplante capilar?

O transplante capilar pode não ser a primeira opção de tratamento. Assim que o paciente chega ao consultório, o médico deve avaliar a fundo as causas da queda capilar e o estágio em que o couro cabeludo se apresenta.

Nos casos específicos da calvície, se o homem procura a orientação do especialista precocemente, é possível o uso de medicamentos tópicos, orais e injetáveis para estabilizar a perda dos fios, o que pode postergar a realização do transplante.

Em muitos casos, a cirurgia é a indicação mais adequada para restabelecer beleza capilar e devolver autoestima aos pacientes.

Com a técnica FUE (Follicular Unit Extraction) as unidades foliculares são retiradas uma a uma na área doadora do couro cabeludo. Assim, a retirada dos fios saudáveis é feita extraindo folículo por folículo, de forma não invasiva, sem a necessidade de incisões lineares e suturas. Após a classificação dos fios, eles são implantados nas áreas calvas do couro cabeludo, seguindo a naturalidade da linha de implantação capilar de cada paciente.

“O resultado do procedimento, além de não deixar cicatrizes aparentes, tem o resultado mais natural”, explica o médico.

A equipe envolvida no transplante na Clínica Sanabria tem de 8 a 12 profissionais envolvidos. No momento, as consultas não são feitas por plano de saúde.

Os diretores da clínica Sanabria, Kamila e Baltazar (Foto: Divulgação)
Os diretores da clínica Sanabria, Kamila e Baltazar (Foto: Divulgação)

A Clínica Sanabria fica na Avenida Afonso Pena, 4496 - Sala 101 - veja como chegar!

O telefone é (67) 3204-3445. Contatos também podem ser feitos pelo WhatsApp - clique aqui.