ACOMPANHE-NOS    
JULHO, TERÇA  14    CAMPO GRANDE 23º
Transplante capilar já é realizado de maneira eficaz e rápida recuperação

Conteúdo Patrocinado

Transplante capilar já é realizado de maneira eficaz e rápida recuperação

Com nova técnica, transplante deixa de ser tratamento difícil e passa a mudar autoestima

Por Post Patrocinado | 22/06/2020 07:00
Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Perceber que o cabelo começou a cair pode ser a realidade de mais da metade dos homens com até 50 anos no Brasil, de acordo com estudos clínicos de dermatologia.

Está foi a realidade do microempreendedor Marcelo Nantes, 37 anos, e do estudante Daniel Sakai, de 29. Ambos perceberam o início da queda de cabelo aos 23 anos, percebendo no espelho, no banho e quando acordavam o volume dos fios caídos.

“Começaram a aparecer as ‘entradas’ (falta de cabelo na região superior da testa). Com o tempo elas foram aumentando e isso me incomodava. Busquei um tratamento com uso de medicamento, mas não tive resultado onde a raiz já tinha caído”, comentou Marcelo.

BALTAZAR SANABRIA_médico dermatologista e diretor da Clínica Sanabria (Foto: Divulgação)
BALTAZAR SANABRIA_médico dermatologista e diretor da Clínica Sanabria (Foto: Divulgação)

Para Daniel, a calvície prejudicava sua autoestima. “Eu não me sentia bem, tinha vergonha, por exemplo, de entrar na piscina e molhar o cabelo devido à calvície. Busquei tratamento com medicamento, mas não funcionou”, contou o estudante.

Como apenas o uso de medicamento não apresentou resultados, os dois buscaram em Campo Grande o tratamento por meio da técnica FUE (Follicular Unit Extraction) - uma evolução em Transplante Capilar – que consiste na retirada das unidades foliculares com o auxílio de equipamentos que eliminam a necessidade de cortes.

A técnica FUE se tornou comum no tratamento contra a calvície por ser considerada, na maioria das vezes, tranquila e rápida (Foto: Divulgação)
A técnica FUE se tornou comum no tratamento contra a calvície por ser considerada, na maioria das vezes, tranquila e rápida (Foto: Divulgação)

No procedimento, é necessário raspar toda a área do couro cabeludo doadora, geralmente laterais e nuca, e realizar diversos “furinhos” na região para que os fios sejam removidos. Na FUE, todos os folículos são removidos e contados antes de ser iniciada a colocação no couro cabeludo.

O médico dermatologista Baltazar Sanabria, diretor-clínico da Clínica Sanabria, explica que a técnica FUE se tornou comum no tratamento contra a calvície por ser considerada, na maioria das vezes, tranquila e rápida. Sanabria ressalta que cada paciente responde de forma individual ao tratamento.

“A técnica é realizada atualmente em 90% dos tratamentos e como não utiliza de incisão (corte) ou sutura a recuperação é rápida e não deixa cicatrizes aparentes. O tratamento pode ser indicado quando o paciente já realiza outros tipos de tratamentos clínicos que não surtem o efeito desejado ou quando os cabelos estão se tornando mais ralos nas entradas e no topo da cabeça, mas ainda há uma boa quantidade de fios saudáveis na nuca e nas laterais do couro cabeludo. Contudo, cada caso é um quadro, sendo essencial a consulta”, afirma.

De acordo com o médico dermatologista, o principal indício de calvície é a mudança no comportamento do cabelo. “Fatores como o afinamento dos fios e os penteados que não ficam mais no lugar; presença de fios em abundância ralos, travesseiros ou pentes; ou o fator hereditário e, portanto, é importante saber com detalhes o histórico familiar da doença”, explica.

Com o tratamento, Daniel e Marcelo conseguiram perceber as mudanças em menos seis meses após a cirurgia. “Hoje meu cabelo já ‘fechou’ e não apresenta falhas”, conta Marcelo. “O procedimento foi rápido e sem dor. Em cinco meses meu cabelo estava recuperado”, disse Daniel.

O médico Baltazar Sanabria afirma que é fundamental que a pessoa busque a orientação de um médico especializado assim que perceber os sintomas da calvície para saber quais são os tratamentos mais indicados no seu caso e que não deve se automedicar.

WhatsApp

Redes Sociais:

https://www.instagram.com/clinicasanabria/ 

facebook.com/clinicasanabria/

https://www.campograndenews.com.br/conteudo-patrocinado/tire-suas-duvidas-sobre-queda-de-cabelo-calvicie-e-transplante-capilar

De acordo com o médico dermatologista, o principal indício de calvície é a mudança no comportamento do cabelo (Foto: Divugação)
De acordo com o médico dermatologista, o principal indício de calvície é a mudança no comportamento do cabelo (Foto: Divugação)