ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MARÇO, SEGUNDA  04    CAMPO GRANDE 24º

Direto das Ruas

Árvore caída durante chuvarada prende moradora em casa há uma semana

Segundo relato da dona de casa, a árvore caiu durante o temporal da última quinta-feira

Idaicy Solano | 24/08/2022 10:09
Galhos fecharam entrada da casa de idosa de 75 anos. (Foto: Direto das Ruas)
Galhos fecharam entrada da casa de idosa de 75 anos. (Foto: Direto das Ruas)

A chuva registrada na última quinta-feira (18) deixou rastros de destruição e causou transtornos em diversos bairros da Capital. Foi o caso da moradora Isabel Santa Cruz, de 75 anos, que está com os galhos de uma árvore caída obstruindo a passagem pelo portão principal da casa, na rua Rua José Domingos Bissoli, na Vila Popular, região oeste de Campo Grande.

Segundo relato da dona de casa, a árvore caiu durante o temporal da última quinta-feira e o Corpo de Bombeiros chegou a ir até o local realizar o corte, mas os galhos foram deixados na calçada, impedindo a entrada e a saída da casa. “Tem que passar na calçada da vizinha porque tá tudo fechado. Consegue sair de casa mas com muita dificuldade, é um transtorno”, relata.

Isabel mora com os bisnetos, que frequentam a escola da região. A idosa, que sofre de diabetes, conta que não sai de casa desde quinta-feira, e que o problema atrapalhou sua rotina de caminhada e a rotina das crianças, que precisam passar por cima dos galhos para sair da casa.

A manicure Maira Lopes da Silva, de 30 anos, mora em frente à casa de Isabel, e estava presente no momento em que foi realizado o corte dos galhos da árvore caída. Segundo a moradora, foi orientado que ligasse na prefeitura, para pedir que a Sisep (Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos) fosse recolher os galhos. "Já entrei várias vezes em contato com a Sisep e fico sem resposta alguma, falam que tem que aguardar”, diz.

Maira explica que a rua dá acesso a uma escola, e que por isso, muitas crianças transitam desacompanhadas pelo local. Com os galhos caídos na calçada e em parte do asfalto, o trânsito fica perigoso, e as crianças desviam pela rua. “Sempre que eu tô em casa eu fico dando uma olhada porque é perigoso, porque a mesma hora de sair da escola e a hora de sair do serviço”, explica.

A reportagem entrou em contato com a Sisep para verificar se as equipes irão realizar o recolhimento dos galhos cortados e aguarda uma resposta.

Direto das Ruas - O relato chegou pelo Direto das Ruas, o canal de interação dos leitores com o Campo Grande News. Quem tiver flagrantes, sugestões, notícias, áudios, fotos e vídeos pode colaborar no WhatsApp pelo número (67) 99669-9563.

Clique aqui e envie agora uma sugestão.

Para que sua imagem tenha mais qualidade, orientamos que fotos e vídeos sejam feitos com o celular na posição horizontal.

Confira a galeria de imagens:

  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
Nos siga no Google Notícias