A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 24 de Maio de 2018

14/05/2018 17:05

Atraso na chegada de correspondências vira rotina em bairro

Boletos, revistas e demais correspondências estão chegando com atraso de até um mês, em ao menos duas ruas do bairro; Correios nega problemas com entrega

Liniker Ribeiro
Moradores afirmam que correspondências estão chegando com atraso desde o fim do ano passado (Foto: Direto das Ruas) Moradores afirmam que correspondências estão chegando com atraso desde o fim do ano passado (Foto: Direto das Ruas)

Moradores do bairro Maria Aparecida Pedrossian, em Campo Grande, afirmam estar enfrentando problemas devido ao atraso na entrega de correspondências. Segundo eles, a situação se repete há pelo menos um mês, mas os atrasos teriam começado já no fim do ano passado.

Para evitar a cobrança de juros, muitos estão tendo de tomar atitudes preventivas, como imprimir a segunda via dos documentos na internet, para poder realizar o pagamento em dia. "Se eu quiser pagar minhas contas em dia só imprimindo em casa. Um boleto com vencimento pro dia 20 de abriu e o carnê da taxa de lixo chegaram só em maio", afirmou a fotógrafa Paula Souza, de 39 anos, moradora da Avenida Marinês de Souza Gomes.

Quem também reclama da situação é o morador da rua Guilherme Ferreira Dutra, Breno Fabris. Assinante de uma revista católica, ele revelou ao Campo Grande News estar esperando o exemplo - previsto para chegar em março - até hoje. "Já entrei em contato com a editora e fui informado de que a revista foi postada no final do mês passado, mas não recebi até hoje", afirmou.

Segundo ele, nenhum carteiro é visto na região há pelo menos duas semanas. "Muitas pessoas estão reclamando da demora da correspondência. São cobranças do cartão de crédito, diversos outros boletos, tudo está atrasando", revelou Breno afirmando ainda já ter entrado em contato com os Correios, porém não obteve resposta.

Por telefone, a assessoria de comunicação dos Correios negou qualquer problema com o serviço de entrega, na região. De acordo com o órgão, não há nada de irregular no bairro e a entrega das correspondências está normalizada na região. Apesar disso, reclamações podem ser realizadas por meio do telegone 0800-725-0100 ou pelo site www.correios.com.br na aba Fale Conosco.

Direto das Ruas - A sugestão de reportagem chegou ao Campo Grande News por meio do Direto das Ruas, canal de interação do leitor com a redação. Quem tiver flagrantes, sugestões, notícias, áudios, fotos e vídeos pode colaborar no WhatsApp pelo número (67) 99955-2040, pela ferramenta Fale Conosco ou por mensagem enviada via Facebook.

Para que sua imagem tenha mais qualidade, orientamos que fotos e vídeos devem ser feitos com o celular na posição horizontal.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions