ACOMPANHE-NOS    
FEVEREIRO, SÁBADO  27    CAMPO GRANDE 30º

Direto das Ruas

Com "mata" dentro de bairro, moradora tem medo de ser assaltada na rua de casa

Para ela e outros funcionários que trabalham na região e precisam andar a pé ou de transporte público, o medo é diário

Por Guilherme Correia | 16/01/2021 15:29
Vegetação sem cuidados impede moradores de usarem a calçada (Foto: Direto das Ruas)
Vegetação sem cuidados impede moradores de usarem a calçada (Foto: Direto das Ruas)

As condições de um terreno baldio tem preocupado moradores da Vila Taquarussu e de bairros próximos, não somente pelas condições sanitárias que o local apresenta, como principalmente em relação ao fato de ser uma "área perigosa", sobretudo no período noturno.

Uma moradora que preferiu não se identificar, de 30 anos, encaminhou fotos ao Campo Grande News na manhã de hoje e reclama que a vegetação alta, que já se tornou uma "mata", atrapalha a iluminação pública e pode servir de esconderijo para bandidos.

Ela ainda menciona que precisa passar pela via no caminho para o trabalho: "Trabalhamos no Shopping Norte Sul e saímos às 22 horas, não tem ponto de ônibus e os funcionários estão todos com medo", reclama.

O local fica entre a Rua da Abolição, próximo a Avenida Ernesto Geisel, e a leitora lembra que "já falamos com presidente de bairro mas nada dá para ser feito. Está sem condições".

Local tem ponto de ônibus utilizado por moradores da região (Foto: Direto das Ruas)
Local tem ponto de ônibus utilizado por moradores da região (Foto: Direto das Ruas)

A fiscalização de terrenos assim é feita pela Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano). A pasta recebe denúncias por meio do telefone 156 e notifica proprietários, que têm até 15 dias para resolver a situação. Caso o prazo não seja cumprido, o dono pode ser multado em até R$ 9 mil.

Direto das Ruas – A sugestão chegou ao Campo Grande News por meio do canal Direto das Ruas, meio de interação do leitor com a redação. Quem tiver flagrantes, sugestões, notícias, áudios, fotos e vídeos pode colaborar no WhatsApp pelo número (67) 99669-9563. Clique aqui e envie agora uma sugestão.

Para que sua imagem tenha mais qualidade, orientamos que fotos e vídeos devem ser feitos com o celular na posição horizontal.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário