ACOMPANHE-NOS    
JULHO, QUINTA  29    CAMPO GRANDE 

Direto das Ruas

Com sintomas de covid, leitor diz esperar mais de 6 horas em UPA

Rapaz de 20 anos afirma que chegou na UPA por volta das 10h e até 16h30 estava esperando

Por Ana Paula Chuva | 25/03/2021 17:11



A fila com aproximadamente 20 pacientes com sintomas de covid-19 nos fundos da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Santa Mônica, em Campo Grande,  na tarde desta quinta-feira (25), causou revolta em quem esperava no local há mais de 6 horas por atendimento.

Em vídeo enviado ao Campo Grande News, pelo Direto das Ruas, é possível ver que entre os pacientes havia inclusive idosos esperando por uma consulta, todos com suspeita de covid-19. As imagens foram enviadas por um rapaz de 20 anos, que também esperava por atendimento no local.

Segundo ele, que preferiu não se identificar, ele e outras pessoas chegaram na UPA por volta das 10h, mas só começaram a chamar os pacientes perto das 15h.

“Está superlotado. Nessa parte de suspeita da covid, só um médico que começou a chamar agora a tarde, mas de manhã não tinha nenhum. Não tem nem álcool para passar na mão aqui. Se a gente não tiver com covid mesmo acaba pegando”, disse o paciente.

Pacientes chegaram às 10h e até às 16h não tinham sido atendidos. (Foto: Reprodução)
Pacientes chegaram às 10h e até às 16h não tinham sido atendidos. (Foto: Reprodução)

No entanto, por volta das 16h10 o atendimento parou novamente no local e a maioria dos pacientes continuarão na fila aguardando.

“Chamaram umas seis pessoas e pararam outra vez. A gente pede informação só mandando a gente aguardar. E ainda tem a espera da medicação porque só tem duas cadeiras para receber, quem é atendido ainda tem que ficar esperando desocupar”, finalizou o rapaz que relatou estar com dor de cabeça, tosse, dor de garganta e no corpo.

Ao Campo Grande News, a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) informou que o atendimento na unidade acontece normalmente e que o quadro de profissionais está completo, "não tendo ocorrido faltas em nenhum momento durante o dia", diz a nota.

A pasta também reforça que UPAs e CRSs são unidades de urgência e emergência e os pacientes que chegam passam por uma triagem para avaliação da classificação de risco, onde pacientes que recebem a classificação azul ou verde, que há nenhum ou pouco risco à vida do paciente, têm como tempo protocolar o atendimento em até quatro horas.

Direto das Ruas - A foto chegou ao Campo Grande News por meio do canal Direto das Ruas, meio de interação do leitor com a redação. Quem tiver flagrantes, sugestões, notícias, áudios, fotos e vídeos pode colaborar no WhatsApp pelo número (67) 99669-9563, pela ferramenta Fale Conosco ou por mensagem enviada via Instagram ou Facebook.

Para que sua imagem tenha mais qualidade, orientamos que fotos e vídeos devem ser feitos com o celular na posição horizontal.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário